acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

UFRJ é finalista em concurso acadêmico de engenharia offshore nos EUA

02/08/2005 | 00h00

Em seu quarto ano de realização, a Competição Estudantil Internacional de Projetos Offshore (ISODC, na sigla em inglês), anunciou nesta terça-feira (2/08), no Texas (EUA), a relação dos finalistas da edição 2005. Cinco times da Texas A&M University, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Universidade de Michigan foram escolhidos para fazer parte do grupo de onde será escolhido o vencedor, a ser anunciado em setembro.

"Uma das missões-chave da competição é promover o interesse de estudantes na indústria offshore, sua tecnologia e a prática de várias disciplinas de engenharia para aplicações offshore", disse Ray Fales, presidente da competição deste ano. "Além disso, queremos reconhecer os educadores que trazem a aplicação de suas disciplinas específicas de engenharia para o esforço na área offshore e criar a consciência das escolas onde os futuros talentos da indústria provavelmente serão encontrados".

Nove competidores se inscreveram para a competição deste ano. Os finalistas submeteram variados projetos de instalações de gás natural liquefeito (GNL) para unidades flutuantes de produção, armazenamento e transferência (FPSO). Os projetos escolhidos foram: "Instalação de Unidade Flutuante de GNL no Sul da China" (Texas A&M), FPSO de GNL no Oeste da África (Texas A&M), Embarcação de Produção de GNL no Mar do Timor" (Texas A&M), "Sistema Submarino de Produção para Campos Offshore de Gás no Brasil" (UFRJ) e "Plataforma de Produção em Águas Ultra-Profundas" (Universidade de Michigan).

A Sociedade de Engenheiros Navais e Marítimos (SNAME), a Divisão para Oceano, Offshore e Ártico da Sociedade Americana de Engenheiros Mecânicos (OOAE), o Instituto de Costas, Oceanos e Portos da Sociedade Americana de Engenheiros Civis (COPRI) e o Instituto da Engenharia Marinha, Ciência e Tecnologia (IMarEST) são as quatro entidades profissionais patrocinadoras da competição. Os finalistas foram selecionados de um grupo de 25 especialistas em engenharia multidisciplinar e, agora, um painel de juízes representantes das quatro sociedades patrocinadoras selecionarão o projeto vencedor. Mais detalhes no concurso estão disponíveis no site www.isodc.com.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar