acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Reconhecimento

TÜV Rheinland recebe certificação Bonsucro

17/08/2012 | 11h57

 

A TÜV Rheinland do Brasil, subsidiária de um dos maiores grupos de certificação, inspeção e gerenciamento de projetos, acaba de divulgar sua acreditação junto à organização Bonsucro (Better Sugar Cane Initiative), com sede em Londres e que se empenha na produção sustentável de açúcar e álcool. 
“A certificação Bonsucro estabelece princípios e critérios socioambientais nas regiões de cultivo de cana de açúcar em qualquer parte do mundo, baseados em desempenho e que levam em consideração as condições e circunstâncias locais, incluindo questões sociais, ambientais e trabalhistas implícitas no campo”, explica gerente comercial da TÜV Rheinland, Lucas Martins.
Algumas empresas do setor no Brasil já possuem esta certificação, o que garante a elas padronização de qualidade e transparência desde o cultivo na lavoura até o produto final, primordialmente o açúcar e o álcool, além de facilitar a exportação dentro dos padrões de exigência dos mercados americano e europeu.
A certificação das fazendas normalmente é trienal, sendo que auditorias anuais de checagem das conformidades ocorrem no período de entressafra. Segundo o gerente Martins, as boas perspectivas de crescimento da demanda por álcool combustível no Brasil e no mundo, bem como das lavouras de cana em território nacional, fizeram com que a TÜV Rheinland investisse nesse tipo de certificação.
“Para os próximos anos temos em vista investimentos altos das usinas em novas tecnologias, novas unidades e na renovação dos canaviais, entre outros aportes, que certamente aquecerão o mercado de serviços de qualidade para o setor sucroalcooleiro, incluindo a certificação”, destaca ele.

A TÜV Rheinland do Brasil, subsidiária de um dos maiores grupos de certificação, inspeção e gerenciamento de projetos, acaba de divulgar sua acreditação junto à organização Bonsucro (Better Sugar Cane Initiative), com sede em Londres e que se empenha na produção sustentável de açúcar e álcool. 


“A certificação Bonsucro estabelece princípios e critérios socioambientais nas regiões de cultivo de cana de açúcar em qualquer parte do mundo, baseados em desempenho e que levam em consideração as condições e circunstâncias locais, incluindo questões sociais, ambientais e trabalhistas implícitas no campo”, explica gerente comercial da TÜV Rheinland, Lucas Martins.


Algumas empresas do setor no Brasil já possuem esta certificação, o que garante a elas padronização de qualidade e transparência desde o cultivo na lavoura até o produto final, primordialmente o açúcar e o álcool, além de facilitar a exportação dentro dos padrões de exigência dos mercados americano e europeu.


A certificação das fazendas normalmente é trienal, sendo que auditorias anuais de checagem das conformidades ocorrem no período de entressafra. Segundo o gerente Martins, as boas perspectivas de crescimento da demanda por álcool combustível no Brasil e no mundo, bem como das lavouras de cana em território nacional, fizeram com que a TÜV Rheinland investisse nesse tipo de certificação.


“Para os próximos anos temos em vista investimentos altos das usinas em novas tecnologias, novas unidades e na renovação dos canaviais, entre outros aportes, que certamente aquecerão o mercado de serviços de qualidade para o setor sucroalcooleiro, incluindo a certificação”, destaca ele.

 



Fonte: Redação TN
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar