acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Cobertura OTC

Turbulência não afeta a Petrobras, diz Gabrielli

05/05/2004 | 00h00
HOUSTON, TEXAS - A elevação do risco-país, a alta dos preços internacionais do petróleo e a fuga de capitais por conta da perspectiva de aumento dos juros no mercado americano não alterarão a condução da gestão financeira da Petrobras. O diretor da Área Financeira da companhia, José Sérgio Gabrielli, assegurou que, embora a turbulência dificulte novas captações no mercado, o perfil da dívida da empresa, com um percentual significativo de longo prazo, torna a situação da Petrobras confortável.
"Nós não precisamos ir ao mercado neste momento. Até porque a Petrobras tem uma geração de caixa que, na teoria, é suficiente para honrar os papéis previstos para vencer este ano. Ou seja, só faz sentido recorrer ao mercado, para nós, se for para melhorar o perfil da dívida total, com o seu alongamento. E por isso nós preferimos esperar passar essas oscilações de curto prazo", justificou Gabrielli, que embarcou nesta terça-feira (03/05) para o Rio, de Houston, onde estava para a Offshore Technology Conference (OTC), a maior feira de fornecedores do setor petrolífero do mundo. "Nada muda em nossa política", concluiu.

Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar