acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Empresas

Tubos Ipiranga investe R$ 45 milhões e planeja crescer quase 100% até 2013

22/08/2008 | 11h15
Tubos Ipiranga investe R$ 45 milhões e planeja crescer quase 100% até 2013
Tubos Ipiranga investe R$ 45 milhões e planeja crescer quase ... Tubos Ipiranga investe R$ 45 milhões e planeja crescer quase ...

Distribuidora de tubos de aço e fabricante de conexões, trefilados e de tubos com costura de grandes diâmetros, a Tubos Ipiranga tem nova sede, visando ampliar a participação nas áreas de mineração, siderurgia, papel e celulose, petróleo, saneamento e atividade sucroalcooleira. A meta da empresa é crescer quase 100% até 2013.

 

“O mercado de tubos de aço está crescendo na esteira dos grandes investimentos nas áreas de  mineração, siderurgia, papel e celulose, petróleo, saneamento e atividade sucroalcooleira”, afirma o diretor superintendente da empresa Alexandre Plassa. “Estamos investindo R$ 45 milhões em 2008 para aumentar cada vez mais nossa participação nessa corrida”. Trata-se de um salto significativo para uma empresa cuja média anual de investimento estava na casa dos R$ 8 milhões.

 

Adquirida em maio passado, a nova sede, estrategicamente localizada em Ribeirão Pires, na Grande São Paulo, conta também com maiores possibilidades de expansão e uma área construída de 66 mil m² em um terreno de 500 mil m² à beira da Represa Billings. “Estamos investindo R$ 20 milhões na adaptação do espaço e na construção de mais 15 mil m² cobertos”, diz Plassa.

 

A mudança começará neste segundo semestre de 2008 e deverá estar totalmente finalizada até meados de 2009. Todos os 400 funcionários das unidades de São Bernardo do Campo e Diadema serão transferidos e contarão com apoio logístico para que tenham facilidade de acesso ao novo local.

 

Segundo Plassa, coom isso, a empresa possibilitará não somente a ampliação da fábrica e de sua unidade de distribuição, como também a utilização de amplas áreas de lazer pelos funcionários. Além desses fatores, também pesou na decisão de mudança a proximidade do futuro braço sul do Rodoanel e a maior facilidade de acesso ao novo pólo petrolífero de Santos.

 

Atualmente com 380 funcionários na sede e mais de 100 nas outras unidades, a Tubos Ipiranga faturou R$ 305 milhões em 2007 e trabalha com a previsão de chegar a R$ 400 milhões em 2008. Desde a sua fundação em 1996 na cidade de Sertãozinho, no interior de São Paulo, a empresa cresce a uma média de 28% ao ano. Para 2009, suas previsões apontam para um crescimento de 30%, que deverá se estabilizar em 15% ao ano nos períodos seguintes.

 

Seu portfólio de produtos conta com tubos de aço carbono com e sem costura, galvanizados, de grandes diâmetros, eletrodutos, conexões e trefilados. É distribuidora de duas grandes marcas mundiais: a Tenaris Confab e a Vallourec & Mannesmann, atualmente responsável por 70% de seu faturamento. Na área de fabricação própria, que corresponde aos 30% restantes, investirá na produção de novos tipos de conexões.

 

Além da nova matriz, a empresa possui Centros de Distribuição em Sertãozinho, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Com um investimento de R$ 6,5 milhões, inaugurou no ano passado uma sede de 5 mil m² no Rio de Janeiro e projeta iniciativas semelhantes nas outras praças em que possui unidades.

 

Outra parte do seu investimento para este ano se destina à renovação de maquinário e à consolidação da cadeia de distribuição em pontos estratégicos do mercado brasileiro. Mas a estratégia da Tubos Ipiranga não se esgota nesses dois focos: a empresa está atenta a oportunidades que possam fortalecer, ainda mais, sua presença em um mercado em que ganhos de escala e maiores volumes de produção estão na ordem do dia.



Fonte: Da Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar