acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Indústria naval

Transpetro poderá relançar licitação de sete embarcações

25/05/2007 | 00h00

A Transpetro, subsidária de transporte da Petrobras poderia ter que relançar a licitação de sete embarcações, cujos contratos não foram assinados, informou o presidente da Transpetro, Sérgio Machado. 

As seguintes empresas apresentam problemas de financiamento com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES): o consórcio Mauá Jurong, que conquistou contratos para construir quatro embarcações de transporte de petróleo; e o estaleiro Itajaí, que conquistou a licitação para a construção de três navios de transporte de gás liquefeito de petróleo (GLP).

Ambas firmas têm dívidas com o banco e não lhes permite receber mais crédito até que solucionem sua situação, informou o executivo à imprensa.

O prazo para ambas companhias garantam o financiamento e mantenham os direitos para construir as embarcações da Transpetro é até 30 de junho, informou.

"Temos outros estaleiro no Brasil em boas condições para construir os navios. Se não seolucionam seus problemas com o BNDES, incluiremos estas embarcações na segunda fase do nosso plano de modernização da frota", defendeu.

Este plano compreende a construção de 45 naves. A primeira fase do programa compreende 26 embarcações e a segunda, 19. "Definitivamente realizaremos a licitação pela segunda fase este ano", acrescentou Machado.



Fonte: BNamericas
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar