acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Negócios

Total vende ativos na Colômbia por US$ 1 bilhão

08/02/2012 | 12h03
O grupo petrolífero Total anunciou hoje (8) a assinatura de um acordo com a chinesa Sinochem para a venda de ativos de petróleo na Colômbia, em uma sequência de operações que chega a US$ 1 bilhão. A transação envolve a filial Tepma BV, da Total, que possui operações no campo de Cusiana e participação nos oleodutos colombianos de OAM e ODC.

Em comunicado, a Total informa que sua participação em Cusiana corresponde a aproximadamente sete mil barris de óleo equivalente por dia.

A operação está sujeita à aprovação de órgãos reguladores e se segue à venda de uma fatia de 5% no oleoduto de Ocensa, para a Petrominerales, e de outros 5% para a Cepsa, em julho do ano passado. Conforme o grupo, o valor combinado das três transações gira em torno de US$ 1 bilhão.

“A venda desses ativos maduros e das posições em infraestrutura de transporte está em linha com nossa estratégia de otimização de ativos e segue operações semelhantes e recentes, como a alienação dos oleodutos de Gassled, na Noruega, e campos maduros nos Camarões” afirma em comunicado o vice-presidente de estratégia e desenvolvimento da Total para a área de produção e exploração, Olivier de Langavant. “Para a operação na Colômbia, a venda nos permitirá concentrar nosso conhecimento nos ativos de exploração com potencial mais elevado”.

A Total manterá suas operações de exploração na Colômbia por meio da participação de 50% no bloco de Niscota e de 55% no bloco de Mundo Nuevo.


Fonte: Valor Online
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar