acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Pessoas

Thiago Vasconcellos Barral Ferreira é o novo diretor de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais da EPE

05/02/2018 | 11h09

Aos 34 anos, Thiago Vasconcellos Barral Ferreira é o novo diretor de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais da Empresa de Pesquisa Energética (EPE). A nomeação ocorreu na última sexta-feira (02/02), por publicação de um decreto presidencial no Diário Oficial da União (DOU).

Natural do Rio de Janeiro, Barral é Bacharel em Engenharia Civil pela Universidade de Juiz de Fora e Mestre em Recursos Hídricos e Meio Ambiente pela Universidade do Rio de Janeiro (COPPE/UFRJ). Possui também pós-graduação em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Ingressou na EPE por concurso público como Analista de Pesquisa Energética há dez anos (2007) e, até esta data, ocupava o cargo de Superintendente de Projetos de Geração na Diretoria de Estudos de Energia Elétrica. Nesta área, coordenava uma equipe que atua em estudos de viabilidade e projetos das diversas fontes, tais como eólica, solar, hidrelétrica, biomassa, gás natural, carvão, etc., especialmente para fins de participação nos leilões de energia elétrica do Ambiente de Contração Regulada (ACR). Barral também vem se destacando na realização de diversos estudos técnicos para subsidiar a formulação e implementação de políticas energéticas pelo Ministério de Minas e Energia (MME).

O presidente da EPE, Luiz Augusto Barroso, comemorou a nomeação de Barral e declarou: "tal como o Ministro Fernando, o Thiago é uma pessoa jovem, versátil, dinâmica e muito aberta ao diálogo. É prata da casa, com experiência e excelente formação técnica e multidisciplinar, que envolve, dentre muitas outras, energia, planejamento, economia, regulação, finanças e meio-ambiente, que são as expertises núcleo da Diretoria de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais. Ganha a EPE, ganha o MME, ganha o Brasil."



Fonte: Redação/Assessoria EPE
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar