acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Redução

Termelétricas geraram menos energia em janeiro

26/03/2014 | 11h34
Termelétricas geraram menos energia em janeiro
Termelétrica Celso Furtado Termelétrica Celso Furtado

 

As usinas termelétricas produziram menos energia em janeiro deste ano, na comparação com igual período de 2013. De acordo com dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), essas usinas geraram 11.701 megawatts (MW) médios em janeiro de 2014, contra 13 mil MW médios no primeiro mês do ano passado.
Segundo a instituição, o principal motivo para a redução, da ordem de 10%, foi o acionamento menor de usinas a gás natural, óleo combustível e biocombustíveis. No início deste ano, ainda não havia sido configurada a hidrologia (regime de chuvas) ruim que enfrenta atualmente o setor elétrico.
As termelétricas a óleo e bicombustíveis geraram 2.306 MW médios em janeiro. O montante é 23,9% menor que o registrado no primeiro mês do ano passado. Na mesma comparação, a produção de energia das usinas térmicas a gás natural foi 25,3% inferior, totalizando 5.119 MW médios.
Já as usinas nucleares produziram 1.857 MW médios no primeiro mês deste ano. O volume é 40,7% superior ao verificado em janeiro de 2013, quando geraram 1.319 MW médios.
Outro segmento que apresentou crescimento foi o de energia eólica. A fonte registrou alta de 24,8% em janeiro, frente a igual período de 2013, totalizando 763 MW médios produzidos.
Segundo a CCEE, o conjunto de 1.064 usinas conectadas ao Sistema Interligado Nacional (SIN) produziu 65.804 MW médios em janeiro. O volume é 9% superior a igual período do ano passado, de 60.363 MW médios.

As usinas termelétricas produziram menos energia em janeiro deste ano, na comparação com igual período de 2013. De acordo com dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), essas usinas geraram 11.701 megawatts (MW) médios em janeiro de 2014, contra 13 mil MW médios no primeiro mês do ano passado.

Segundo a instituição, o principal motivo para a redução, da ordem de 10%, foi o acionamento menor de usinas a gás natural, óleo combustível e biocombustíveis. No início deste ano, ainda não havia sido configurada a hidrologia (regime de chuvas) ruim que enfrenta atualmente o setor elétrico.

As termelétricas a óleo e bicombustíveis geraram 2.306 MW médios em janeiro. O montante é 23,9% menor que o registrado no primeiro mês do ano passado. Na mesma comparação, a produção de energia das usinas térmicas a gás natural foi 25,3% inferior, totalizando 5.119 MW médios.

Já as usinas nucleares produziram 1.857 MW médios no primeiro mês deste ano. O volume é 40,7% superior ao verificado em janeiro de 2013, quando geraram 1.319 MW médios.

Outro segmento que apresentou crescimento foi o de energia eólica. A fonte registrou alta de 24,8% em janeiro, frente a igual período de 2013, totalizando 763 MW médios produzidos.

Segundo a CCEE, o conjunto de 1.064 usinas conectadas ao Sistema Interligado Nacional (SIN) produziu 65.804 MW médios em janeiro. O volume é 9% superior a igual período do ano passado, de 60.363 MW médios.



Fonte: Redação TN/ Ascom CCEE
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar