acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Tecnologia e Inovação

Tecon Rio Grande: novas tecnologias aumentam a eficiência dos processos operacionais

04/09/2015 | 14h27

 

A rotina do Tecon Rio Grande S/A, terminal de Contêineres do porto de Rio Grande operado pelo Grupo Wilson Sons, é marcada pela inovação e tecnologia para garantir a eficiência dos processos operacionais. Em agosto, por exemplo, os portões de acesso rodoviário (gates) do Tecon foram automatizados, remodelando o processo de recebimento e entrega de contêineres via transporte rodoviário, a partir da substituição dos operadores de gate por quiosques de autoatendimento com identificação biométrica do motorista.
 
Além disso, a solução também apresenta seis portais com tecnologia OCR (Optical Character Recognition), que capturam as informações como as placas dos caminhões e identificação dos contêineres, sem a necessidade de estacionar o veículo, otimizando tempo. A automação contempla, ainda, a pesagem da carga de forma automática, o controle do fluxo de caminhões com barreiras integradas e impressão térmica do ticket de entrega/recebimento do caminhão.
 
“Esta inovação, que é utilizada nos mais modernos terminais do mundo, coloca o Tecon Rio Grande dentro do seleto grupo dos terminais semi-automatizados. Estamos preparados para atender mais de 2.000 caminhões/dia, sete dias por semana”, explica Giovanni Phonlor, gerente de Sistemas – Qualidade, TI e Projetos do Tecon Rio Grande. Atualmente, a unidade recebe mais de 1.000 caminhões diariamente.   O projeto teve um investimento de US$ 2 milhões em hardware e software e envolveu diretamente as áreas de TI e Operação do terminal. “O nosso objetivo sempre foi atender bem os nossos clientes e este investimento reforça este compromisso, nos posicionando como um Terminal moderno e competitivo”, completa o gerente de Operações Túlio Borba de Araújo.
 
Outras tecnologias – No primeiro semestre, o Tecon Rio Grande também intensificou os investimentos em tecnologia a partir do desenvolvimento e implantação de um sistema de pagamento eletrônico. A iniciativa elimina filas e a necessidade de caixa físico para pagamento à vista. “Agora, o cliente acessa o portal de serviços online, seleciona os serviços referentes à sua carga e gera o documento eletrônico para pagamento”, afirma o gerente Administrativo/Financeiro José Edom. “Todo o processo é feito de forma eletrônica, sem a presença física e troca de valores monetários, eliminando riscos e otimizando o processo de pagamento, além de reduzir os custos tanto para o cliente quanto para o terminal”, completa Giovanni Phonlor.
 
Utilizado pelo Tecon Rio Grande desde 2013, o sistema de automação da presença de carga agiliza a liberação de embarque das cargas de exportação que chegam via transporte rodoviário e são embarcados no cais do Terminal. A solução beneficia diretamente os despachantes e exportadores que não precisam mais deslocar-se até o Tecon Rio Grande para realizar o processo de presença de carga, bem como podem acompanhar todo o trâmite de liberação de embarque junto a receita federal no portal de serviços online da empresa (www.tecononline.com.br).
 
De lá pra cá, mais de 220.000 contêineres já foram liberados de forma automática, respeitando todas as obrigações legais do processo. A inciativa eliminou o uso de papel e automatizou todo o fluxo de informação entre o sistema do Terminal e da Receita Federal, aumentando a segurança das informações trocadas.
 
A iniciativa deu tão certo que, no ano passado, foi implantado para as cargas de importação a “averbação eletrônica”. Nos mesmos moldes, a solução automatiza uma parte importante do processo de liberação das cargas importadas descarregadas no Terminal.

A rotina do Tecon Rio Grande S/A, terminal de Contêineres do porto de Rio Grande operado pelo Grupo Wilson Sons, é marcada pela inovação e tecnologia para garantir a eficiência dos processos operacionais. Em agosto, por exemplo, os portões de acesso rodoviário (gates) do Tecon foram automatizados, remodelando o processo de recebimento e entrega de contêineres via transporte rodoviário, a partir da substituição dos operadores de gate por quiosques de autoatendimento com identificação biométrica do motorista.
 
Além disso, a solução também apresenta seis portais com tecnologia OCR (Optical Character Recognition), que capturam as informações como as placas dos caminhões e identificação dos contêineres, sem a necessidade de estacionar o veículo, otimizando tempo. A automação contempla, ainda, a pesagem da carga de forma automática, o controle do fluxo de caminhões com barreiras integradas e impressão térmica do ticket de entrega/recebimento do caminhão.
 
“Esta inovação, que é utilizada nos mais modernos terminais do mundo, coloca o Tecon Rio Grande dentro do seleto grupo dos terminais semi-automatizados. Estamos preparados para atender mais de 2.000 caminhões/dia, sete dias por semana”, explica Giovanni Phonlor, gerente de Sistemas – Qualidade, TI e Projetos do Tecon Rio Grande. Atualmente, a unidade recebe mais de 1.000 caminhões diariamente.   O projeto teve um investimento de US$ 2 milhões em hardware e software e envolveu diretamente as áreas de TI e Operação do terminal. “O nosso objetivo sempre foi atender bem os nossos clientes e este investimento reforça este compromisso, nos posicionando como um Terminal moderno e competitivo”, completa o gerente de Operações Túlio Borba de Araújo.
 
Outras tecnologias – No primeiro semestre, o Tecon Rio Grande também intensificou os investimentos em tecnologia a partir do desenvolvimento e implantação de um sistema de pagamento eletrônico. A iniciativa elimina filas e a necessidade de caixa físico para pagamento à vista. “Agora, o cliente acessa o portal de serviços online, seleciona os serviços referentes à sua carga e gera o documento eletrônico para pagamento”, afirma o gerente Administrativo/Financeiro José Edom. “Todo o processo é feito de forma eletrônica, sem a presença física e troca de valores monetários, eliminando riscos e otimizando o processo de pagamento, além de reduzir os custos tanto para o cliente quanto para o terminal”, completa Giovanni Phonlor.
 
Utilizado pelo Tecon Rio Grande desde 2013, o sistema de automação da presença de carga agiliza a liberação de embarque das cargas de exportação que chegam via transporte rodoviário e são embarcados no cais do Terminal. A solução beneficia diretamente os despachantes e exportadores que não precisam mais deslocar-se até o Tecon Rio Grande para realizar o processo de presença de carga, bem como podem acompanhar todo o trâmite de liberação de embarque junto a receita federal no portal de serviços online da empresa (www.tecononline.com.br).
 
De lá pra cá, mais de 220.000 contêineres já foram liberados de forma automática, respeitando todas as obrigações legais do processo. A inciativa eliminou o uso de papel e automatizou todo o fluxo de informação entre o sistema do Terminal e da Receita Federal, aumentando a segurança das informações trocadas.
 
A iniciativa deu tão certo que, no ano passado, foi implantado para as cargas de importação a “averbação eletrônica”. Nos mesmos moldes, a solução automatiza uma parte importante do processo de liberação das cargas importadas descarregadas no Terminal.

 



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar