acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petrobras

Tecnologia utilizada na perfuração de poços gera economia de US$ 30,8 milhões

13/03/2015 | 10h21

O Programa de Diagnóstico de Problemas de Perfuração em Tempo Real (nome derivado da sigla em inglês Pressure While Drilling Analyzer - PWDa), desenvolvido pela Petrobras e parceiros, contribuiu para a companhia reduzir custos no valor de US$ 30,8 milhões em 2014. Este montante equivale ao total de 35,25 dias de trabalho de sondas (equipamento utilizado para construção de poços) economizados pela detecção imediata de sinais que permitiram ações corretivas ou preventivas.

Por meio de interpretação automatizada de dados de diferentes sensores instalados nos sistemas de perfuração, o programa reconhece situações indesejadas que podem ser evitadas. Quando há indício de redução do desempenho de perfuração ou de aumento do risco de parada inesperada da perfuração, por exemplo, o software detecta tais comportamentos em tempo real e imediatamente sugere ações de prevenção para as equipes operacionais. Em 2014, por meio do PWDa, foram acompanhados 71 poços e 1.471 dias de operação de sondas.

O Programa de Diagnóstico de Problemas de Perfuração em Tempo Real conta com serviço integrado de acompanhamento de perfuração 24 horas nos Centros de Suporte a Decisão (CSD) da Petrobras, no Parque de Tubos, em Macaé, e no Centro de Pesquisas da Petrobras (Cenpes), no Rio de Janeiro. O PWDa foi desenvolvido pela Petrobras, com apoio da Universidade Estadual de Campinas, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná e da Faculdade do Centro Leste, situada no município da Serra (ES).



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar