acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petrobras

Tecnologia para produção de óleo de xisto será aplicada na Jordânia

23/02/2007 | 00h00

A Petrobras assinou um acordo com o Ministério de Energia e Recursos Mineiras da Jordânia para estudos referentes a produção de xisto no campo de Attarat, no Oriente Médio.

Segundo o acordo, serão realizados estudos técnicos e econômicos de alternativas para o aproveitamento comercial do óleo de xisto na Jordânia. Os trabalhos de avaliação têm um prazo previsto de até 24 meses e serão desenvolvido por um grupo formado por representantes da Área Internacional e do Abastecimento da Petrobras.

A companhia brasileira informa que o devido aos preços atuais do petróleo no mercado internacional, a exploração de óleo de xisto tomou novo impulso no contexto mundial, motivando países como Jordânia, Marrocos, Estados Unidos e China a manter contatos com a Petrobras visando a parcerias nessa atividade.

"A Jordânia tem uma reserva de xisto betuminoso significativa, composta por xistos de boa qualidade, e aparentemente compatível com o uso da tecnologia Petrosix", se lê no comunicado divulgado pela Petrobras.

O bloco AUG 21, situado no campo de Attarat, tem 11km² de área e reservas potenciais de 1,7 bilhão de barris, segundo dados estimados pelo National Resources Authority (NRA). A espessura da camada de xisto é de aproximadamente 70 metros.

A empresa acrescenta que a tecnologia patenteada pela Petrobras, a Petrosix, é a única com escala industrial de produção, testada, consolidada e reconhecida mundialmente. 

O memorando de entendimentos foi assinado na presença do Encarregado de Negócios da Embaixada Brasileira em Amman representando o Embaixador Antonio Carlos da Rocha. O gerente geral de Novos Negócios da Área Internacional no Reino Unido, Demarco Jorge Epifanio, assinou em nome da Petrobras. Também estiveram presentes à cerimônia de assinatura, entre outros, o ministro de Energia e Recursos Minerais da Jordânia, Khaled Najieb Eslhuraydeh e o diretor do NRA (National Resources Authority), Dr. Maher.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar