acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Tecnologia da Alstom fará controle ambiental no complexo petroquímico de Candeias

30/07/2012 | 10h57

 

A Alstom vai fornecer um Precipitador Eletrostático (ESP) para o complexo petroquímico da Dow, localizado em Candeias, no estado da Bahia. A tecnologia permite a captura de partículas contaminadas no gás de combustão derivado da queima de biomassa. O ESP será instalado na primeira unidade petroquímica do mundo a utilizar biomassa para a produção de vapor para uso industrial.
A Energias Renováveis do Brasil (ERB), empresa referência na geração de energia de biomassa, irá operar a instalação, que fornecerá energia limpa - em cumprimento a rigorosas regulamentações ambientais - ao complexo industrial em Candeias. O precipitador eletrostático filtra os gases de combustão gerados durante a queima nas caldeiras, minimizando as emissões. O sistema conta com a exclusiva Tecnologia de Retificador e Controle de Transformador, que gera alta eficiência de remoção, baixo consumo de energia e layout compacto.
O projeto será totalmente desenvolvido no Brasil e deverá entrar em operação no segundo semestre de 2013.
A energia será gerada pela combustão de cavaco de eucalipto, que substituirá cerca de 50% do gás atualmente usado para a produção de vapor.
“Os equipamentos da Alstom trarão melhorias significativas para a qualidade do ar, e irão capturar mais de 98% das partículas contaminantes que seriam emitidas na atmosfera”, afirma Daniel Santos, diretor geral de Negócios ECS da Alstom na América Latina.

A Alstom vai fornecer um Precipitador Eletrostático (ESP) para o complexo petroquímico da Dow, localizado em Candeias, no estado da Bahia. A tecnologia permite a captura de partículas contaminadas no gás de combustão derivado da queima de biomassa. O ESP será instalado na primeira unidade petroquímica do mundo a utilizar biomassa para a produção de vapor para uso industrial.


A Energias Renováveis do Brasil (ERB), empresa referência na geração de energia de biomassa, irá operar a instalação, que fornecerá energia limpa - em cumprimento a rigorosas regulamentações ambientais - ao complexo industrial em Candeias. O precipitador eletrostático filtra os gases de combustão gerados durante a queima nas caldeiras, minimizando as emissões. O sistema conta com a exclusiva Tecnologia de Retificador e Controle de Transformador, que gera alta eficiência de remoção, baixo consumo de energia e layout compacto.


O projeto será totalmente desenvolvido no Brasil e deverá entrar em operação no segundo semestre de 2013.


A energia será gerada pela combustão de cavaco de eucalipto, que substituirá cerca de 50% do gás atualmente usado para a produção de vapor.


“Os equipamentos da Alstom trarão melhorias significativas para a qualidade do ar, e irão capturar mais de 98% das partículas contaminantes que seriam emitidas na atmosfera”, afirma Daniel Santos, diretor geral de Negócios ECS da Alstom na América Latina.

 



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar