acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás natural

TBG quer o cancelamento do concurso para ampliação do gasoduto

22/05/2006 | 00h00

A Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil (TBG) solicitou à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) o cancelamento do concurso aberto para expansão de sua linha. A informação foi dada nesta segunda-feira (22/5) pelo diretor superintendente da empresa, José Jonis, que disse ter apresentado o pedido ao órgão regulador logo após o anúncio da nacionalização das reservas do país vizinho, no início do mês.

Em março, cinco empresas haviam manifestado interesse na expansão do gasoduto, sendo a maior da Petrobras (15 milhões de m³/dia), seguida da Repsol YPF (6,6 milhões de m³/dia), BG (6,1 milhões de m³/dia), Total (5,6 milhões de m³/dia) e Pan American (2,7 milhões de m³/dia). Segundo Zonis, a BG e a Pan American solicitaram a interrupção do processo por 180 dias, enquanto as outras três pediram o cancelamento.

O executivo explicou que a fase de manifestação de interesse das empresas já havia sido encerrada quando a ANP foi contatada. O concurso iria entrar na fase de desenho do projeto. “Estamos sugerindo a interrupção baseados em uma questão lógica, porque podemos reiniciar o processo a qualquer momento desde que haja manifestação por parte dos interessados. Hoje existe uma série de novos fatores que fazem parte de perspectivas de mercado de oferta. Então, teria que verificar essas novas condições para verificar as manifestações de interesses”, disse o executivo, durante o seminário Política Nacional para o Gás Natural, no Clube de Engenharia.



Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar