acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Acordo internacional

Statoil vende 40% do Campo de Peregrino para chinesa Sinochem

21/05/2010 | 12h44

A estatal energética norueguesa, Statoil acordou a venda de 40% do campo Peregrino, localizado na Bacia de Campos, para a empresa chinesa Sinochem Corporation pelo valor de US$ 3,07 bilhões. A Statoil continuará com a propriedade de 60% do total e a ser operadora do campo. O Peregrino deverá começar a produzir no início de 2011. 

 

“O acordo confirma a alta qualidade do ativo Peregrino, refletindo o valor agregado pela Statoil no desenvolvimento do campo. O negócio demonstra ainda a habilidade da Statoil em alavancar sua competência industrial desenvolvida na Plataforma Continental da Noruega e cria valor para os nossos acionistas. A alienação é um passo natural do esforço contínuo em otimizar o nosso portfólio”, afirma Helge Lund, presidente mundial da Statoil.

 

“Estamos muito satisfeitos com o negócio e com a expectativa de trabalhar em parceria com a Sinochem no desenvolvimento adicional e nas operações do enorme campo de Peregrino. Ambas empresas vislumbram muitas oportunidades para agregar valor através do aumento do grau de recuperação e exploração de recursos adicionais nas próximas décadas. Estou muito satisfeito também que pudemos acordar em assinar um termo de compromisso para que, em conjunto, analisemos novas oportunidades no Brasil e em outras localidades”, diz Lund.

 

A aquisição ainda terá que ser aprovada pelos governos do Brasil e da China. A consideração baseia-se na data efetiva de 01 de Janeiro de 2010 e está sujeita a ajustes normais que se façam necessários.

 

A venda de 40% do campo de Peregrino irá reduzir a produção da Statoil que estava estimada para 2012 em 40 mil barris de petróleo por dia, para uma faixa de 2,06 milhões – 2,16 milhões barris de petróleo por dia.

 

O Brasil continuará sendo uma peça chave na estratégia internacional da Statoil. A empresa continua comprometida em concluir o desenvolvimento do Peregrino conforme o planejado, operar o campo com máxima eficiência e explorar novas oportunidades de crescimento na região.

 

O campo de Peregrino está localizado a 85 km da costa brasileira na Bacia de Campos, a aproximadamente 100 metros de profundidade, nos blocos BMC-7 e BMC-47. A primeira fase do desenvolvimento inclui duas plataformas fixas e um navio flutuante com unidades de produção, estocagem e descarregamento (FPSO). O campo foi descoberto em 1994. A Statoil (então chamada Norsk Hydro) adquiriu 50% da descoberta do campo em 2005, e a Statoil adquiriu os restantes 50% do campo e o título de operadora em 2008.

 

O Grupo Sinochem, incorporado na China em 1950, pertence 100% ao governo chinês e é a quarta maior empresa de petróleo e maior fornecedora integrada de produtos agroquímicos e serviços da China. A Sinochem é presença constante na lista Global 500 da revista “Fortune” e recentemente foi classificada como a 170ª maior empresa. Em 2009, a receita de vendas do Grupo Sinochem foi de aproximadamente US$ 36 bilhões, com um lucro de US$ 0,9 bilhão. O Grupo Sinochem já operou no mercado internacional de petróleo por várias décadas e iniciou seus investimentos em petróleo e gás no exterior em 2003. Desde então, o Grupo Sinochem concluiu com êxito, aproximadamente US$ 1,8 bilhões em aquisições no setor de energia no exterior, focando primeiramente na América Latina, África e Oriente Médio.

 

A Statoil é uma empresa internacional de energia, sediada na Noruega. Ela possui mais de 35 anos de experiência em produção de petróleo e gás na Plataforma Continental Norueguesa e, atualmente, opera em 40 países. A Statoil está entre as maiores operadoras offshore de petróleo e gás e é reconhecida como líder em tecnologia e gerenciamento de recursos. A Statoil conta com 29.000 funcionários no mundo todo e está listada nas bolsas de valores de Nova York e Oslo com uma capitalização de mercado de aproximadamente US$ 70 bilhões. A produção em 2009 foi de 1,96 milhão de barris por dia e possui reservas confirmadas de petróleo e gás de 5,4 bilhões de barris.

 

 



Fonte: Redação/ Agências
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar