acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Negócios

SoEnergy reforça presença na AL financiando projeto de eletricidade na Argentina com US$ 500 milhões

24/02/2017 | 09h51

A multinacional líder do setor energético chegou a um acordo de aquisição de 40% da empresa canadense Stoneway, que tem quatro projetos em andamento para a construção de usinas de energia na Argentina com capacidade de gerar 686,5 MW de potência. A Siemens será sua parceira tecnológica. O movimento se soma à grande presença da SoEnergy na América Latina, pois continua o desenvolvimento de projetos de envergadura na Colômbia, Peru, Brasil e El Salvador.

Este movimento acionário da SoEnergy reforça sua posição de liderança internacional, particularmente na Argentina, onde já atua há mais de oito anos, e dá respaldo financeiro e operacional aos projetos adjudicados pelo Ministério de Minas e Energia à empresa canadense; além disso, a SoEnergy fornecerá sua experiência às usinas Luján (127 MW), San Pedro (103,5 MW), Matheu (254 MW) e Las Palmas (202 MW). Com esta nova aquisição e as usinas existentes, a multinacional controla aproximadamente 1 GW de potência no país.

Os acionistas majoritários da Stoneway contribuíram com sua experiência financeira para angariar um total de US$ 500 mi com a emissão de títulos internacionais, o que faz dela a primeira empresa em mais de uma década a obter com sucesso esse tipo de financiamento para um projeto de eletricidade na Argentina. A capacidade técnica e a experiência da SoEnergy foram decisivas para a operação financeira ter sucesso.

Atualmente, os prazos e o planejamento do plano de trabalho continuam sendo cumpridos. Cabe destacar a participação da SIEMENS como fabricante de equipamentos e parceira tecnológica. Nas palavras de Fabio Chávez, Vice-Presidente Comercial da América Latina, a SIEMENS está "felicíssima por ser parte integrante deste projeto histórico, com tecnologias próprias eficazes e eficientes".

Já Andres Molano, Chief Executive Officer da SoEnergy, destaca que "o maior beneficiário deste acordo é a própria Argentina, pois ele assegura que seus projetos sejam desenvolvidos pelas melhores empresas do setor e, ao mesmo tempo, que o país comece a gerar mais confiança nos mercados financeiros internacionais".

Sobre a SoEnergy

Empresa global que fornece serviços e soluções personalizados de energia, incluindo a venda de energia por contrato, usinas de energia temporárias e soluções de usinas permanentes para vários tipos de indústrias. A empresa conta com uma longa experiência em projetos de geração de eletricidade na América Latina, Europa, Oriente Médio e África.



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar