acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado

Siderurgia e Petrobras fazem Bovespa bater novo recorde

31/01/2006 | 00h00

 Puxado pelas ações de siderurgia e da Petrobras, o Ibovespa bateu o nono recorde de pontuação do ano, em 38.242, em alta de 1,11% e movimento de R$ 2,296 bilhões. O dólar caiu 0,05%, para R$ 2,216, mas durante o dia ficou abaixo da marca psicológica dos R$ 2,20 (R$ 2,199), enquanto o paralelo perdeu 0,12%, caindo para R$ 2,46. Os juros futuros operaram sem tendência definida, o risco país subiu 0 77%, para 262 pontos-base, e o A-Bond recuou 0,27%, vendido com ágio de 9,90%.

Na maior parte do dia, o Ibovespa operou com forte volatilidade, sem definição de tendência, mas nas duas últimas horas do pregão se definiu pelo sinal positivo. No mês, a Bolsa paulista acumula alta de 14,31%.

O anúncio do Tesouro Nacional de que estava reabrindo uma emissão de bônus em euros com vencimento em 2015 foi bem recebido, assim como a informação de que o superávit primário do setor público em 2005 ficou em 4,84% do PIB. Mas houve dois alertas: o Morgan Stanley disse que estava reduzindo a exposição em seu portfólio em ações brasileiras e aumentando a participação de empresas chilenas e o JP Morgan afirmou que pode estar em andamento uma correção dos bônus das economias emergentes - o que estaria limitando a queda das cotações seria a forte liquidez internacional.

Os papéis da Petrobras subiram com o avanço do petróleo futuro e os do setor de siderurgia aproveitaram a esteira da oferta hostil feita pela Mittal para adquirir a Arcelor. A Arcelor descartou o negócio, mas admitiu que 86,5% das ações da companhia estão em circulação no mercado externo.

Usiminas PNA foi a maior alta do Ibovespa, com valorização de 7,01%.

Siderúrgica Nacional ON subiu 5,48% e Bradesco PN, 4,15%.

O comercial manteve a trajetória de queda iniciada dia 20 e que só foi interrompida pela ligeira alta de 0,13% registrada dia 25.



Fonte: Gazeta do Paraná
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar