acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Produtos e Serviços

Sherwin-Williams Sumaré traz ao Brasil máquina para aplicação de Firetex

11/03/2014 | 11h41

 

Sherwin-Williams Sumaré traz ao Brasil máquina para aplicação de Firetex
Equipamento revoluciona o processo de aplicação do produto, substituindo trabalho feito manualmente 
 
A Sherwin-Williams, unidade Sumaré, referência nacional na fabricação de tintas e revestimentos industriais, adquiriu uma máquina que otimiza a aplicação de revestimentos de proteção passiva contra fogo, especialmente de Firetex à base de hidrocarbonetos, produto voltado especialmente a indústrias químicas e ao mercado onshore, que faz parte do portfólio da companhia. O equipamento, da fabricante alemã Wiwa, é o único no Brasil.
 
Segundo Durival Pitta, Diretor Comercial da Sherwin-Williams Sumaré, atualmente quase 100% das aplicações de revestimentos intumescentes no Brasil são feitas manualmente, com espátula, e muitas vezes exige uma grande equipe de aplicadores. “Esta máquina é inovadora porque garante maior rendimento e uniformidade, evita desperdício, gera economia com mão-de-obra, além de facilitar e agilizar o tempo de aplicação do produto, o que é fundamental para obras com curto prazo de entrega”, diz.
 
A máquina será utilizada pela Sherwin-Williams Sumaré para treinamentos, qualificação de aplicadores e demonstrações de Firetex. “Eventualmente, mediante acordo comercial, poderemos disponibilizá-la aos nossos parceiros”, afirma o diretor. Em fevereiro, cerca de 50 pessoas, entre aplicadores de diferentes empresas e equipes da companhia, participaram de um treinamento prático para manuseio do equipamento.
 
Pitta afirma que a demanda por Firetex, que há cerca de um ano é comercializado pela Sherwin-Williams no Brasil, cresce cada vez mais por conta do aumento da construção de novas refinarias e plataformas de petróleo, e ainda por conta de uma tendência de substituição do cimentício por revestimentos à base de hidrocarbonetos, que também são excelentes anticorrosivos.
 

A Sherwin-Williams, unidade Sumaré, referência nacional na fabricação de tintas e revestimentos industriais, adquiriu uma máquina que otimiza a aplicação de revestimentos de proteção passiva contra fogo, especialmente de Firetex à base de hidrocarbonetos, produto voltado especialmente a indústrias químicas e ao mercado onshore, que faz parte do portfólio da companhia. O equipamento, da fabricante alemã Wiwa, é o único no Brasil.
 
Segundo Durival Pitta, Diretor Comercial da Sherwin-Williams Sumaré, atualmente quase 100% das aplicações de revestimentos intumescentes no Brasil são feitas manualmente, com espátula, e muitas vezes exige uma grande equipe de aplicadores. “Esta máquina é inovadora porque garante maior rendimento e uniformidade, evita desperdício, gera economia com mão-de-obra, além de facilitar e agilizar o tempo de aplicação do produto, o que é fundamental para obras com curto prazo de entrega”, diz.
 
A máquina será utilizada pela Sherwin-Williams Sumaré para treinamentos, qualificação de aplicadores e demonstrações de Firetex. “Eventualmente, mediante acordo comercial, poderemos disponibilizá-la aos nossos parceiros”, afirma o diretor. Em fevereiro, cerca de 50 pessoas, entre aplicadores de diferentes empresas e equipes da companhia, participaram de um treinamento prático para manuseio do equipamento.
 
Pitta afirma que a demanda por Firetex, que há cerca de um ano é comercializado pela Sherwin-Williams no Brasil, cresce cada vez mais por conta do aumento da construção de novas refinarias e plataformas de petróleo, e ainda por conta de uma tendência de substituição do cimentício por revestimentos à base de hidrocarbonetos, que também são excelentes anticorrosivos.
 



Fonte: Redação TN/ Sherwin-Williams
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar