acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

Shell poderá ter de pagar US$ 1,5 bi como compensação

26/08/2004 | 00h00

A Shell deve pagar US$ 1 bilhão agora e US$ 500 milhões em cinco anos.
O Senado da Nigéria vai pedir que a Shell pague US$ 1,5 bilhão (cerca de R$ 4,4 bilhões) como compensação por danos ambientais a comunidades que vivem em volta de campos de petróleo.
"A moção foi aprovada por maioria, e o Comitê de Petróleo do Senado recebeu a incumbência de fiscalizar seu cumprimento", disse um porta-voz do Senado à agência de notícias Reuters.
A Shell Petroleum Development Corp (SPDC), de propriedade da Royal Dutch/Shell, disse não ter tomado conhecimento da determinação.
A resolução segue uma petição de membros da tribo Ijaw, localizada em Bayelsa, ao sul do país, onde a Shell e outras empresas multinacionais operam.

Petição - A SPDC opera em uma joint venture na Nigéria, na qual detém 30%, enquanto a estatal Nigerian National Petroleum Corp possui 55%.
Um décimo da SPDC pertence à Total, da França. A Agip, italiana, possui 5%.
A petição foi apresentada originalmente à câmara baixa do Congresso no ano passado.
Ela foi revista por um painel de conselheiros independentes criada pela câmara.
Espera-se que a Shell pague US$ 1 bilhão agora. Os US$ 500 milhões seriam pagos em parcelas iguais nos próximos cinco anos.
Em Londres, a Shell disse que a resolução do Senado não foi comunicada à empresa.
"A SPDC rejeitou fortemente as afirmações feitas pelos aborígenes Ijaw em uma audiência pública em maio de 2002", disse a empresa.



Fonte: BBC Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar