acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Shell investirá US$ 5 milhões no CsF

19/04/2013 | 16h07
Shell investirá US$ 5 milhões no CsF
André Araujo, presidente da Shell Brasil André Araujo, presidente da Shell Brasil

 

A Shell irá investir US$ 5 milhões - aproximadamente R$ 9,5 milhões - no financiamento de 150 bolsas de estudos para o programa Ciência Sem Fronteiras (CsF), do governo Federal. Com o objetivo de suprir a demanda brasileira por profissionais qualificados no setor de exploração e produção de petróleo e gás, as bolsas serão direcionadas a cursos de graduação e pós-graduação em diversas áreas de engenharia, geologia e geofísica.
Como diferencial para sua participação no CsF, a empresa selecionará, anualmente, estudantes contemplados com bolsas financiadas pela companhia para estagiar em suas unidades nos países em que os alunos estejam fazendo seus cursos. As primeiras bolsas devem ser distribuídas no segundo semestre de 2013.
“Essa iniciativa reforça o compromisso estratégico da Shell com o Brasil, assim como a nossa visão de investir em inovação e competitividade”, comenta André Araujo, presidente da Shell Brasil.
“O Brasil tem muitos recursos naturais em desenvolvimento e frentes de exploração que ainda podem ser abertas em áreas como as Bacias de Campos e Santos - onde já investimos bilhões de dólares. Posso dizer que o Brasil será um player importante no cenário de óleo e gás mundial”, comentou Peter Voser, CEO Global da Shell.

A Shell irá investir US$ 5 milhões - aproximadamente R$ 9,5 milhões - no financiamento de 150 bolsas de estudos para o programa Ciência Sem Fronteiras (CsF), do governo Federal. Com o objetivo de suprir a demanda brasileira por profissionais qualificados no setor de exploração e produção de petróleo e gás, as bolsas serão direcionadas a cursos de graduação e pós-graduação em diversas áreas de engenharia, geologia e geofísica.


Como diferencial para sua participação no CsF, a empresa selecionará, anualmente, estudantes contemplados com bolsas financiadas pela companhia para estagiar em suas unidades nos países em que os alunos estejam fazendo seus cursos. As primeiras bolsas devem ser distribuídas no segundo semestre de 2013.


“Essa iniciativa reforça o compromisso estratégico da Shell com o Brasil, assim como a nossa visão de investir em inovação e competitividade”, comenta André Araujo, presidente da Shell Brasil.


“O Brasil tem muitos recursos naturais em desenvolvimento e frentes de exploração que ainda podem ser abertas em áreas como as Bacias de Campos e Santos - onde já investimos bilhões de dólares. Posso dizer que o Brasil será um player importante no cenário de óleo e gás mundial”, comentou Peter Voser, CEO Global da Shell.



Fonte: Revista TN Petróleo, Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar