acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
China

Shell investirá US$ 1 bi por ano em produção de gás

21/11/2012 | 12h12

 

China: Shell investirá US$ 1 bi por ano em produção de gás, diz jornal
A petrolífera Royal Dutch Shell investirá cerca de US$ 1 bilhão por ano no negócio exploração e produção (upstream) de gás natural na China para atender à crescente demanda do país, segundo o jornal “China Daily”, que cita Peter Voser, presidente da companhia. “Há um enorme potencial no mercado de gás natural na China”, disse o executivo à publicação.
A Shell possui dois blocos de gás na província de Sichuan, que opera em parceria com a China National Petroleum Corporation (CNPC). A companhia perfurou 13 poços no bloco de Jinqiu e chegará a 21 em abril de 2013, de acordo com o jornal. O projeto de Jinqiu alcançou a primeira produção de gás em setembro passado e atualmente explora 110 mil metros cúbicos de gás por dia.
A Shell continua a avaliar se o desenvolvimento para fins comerciais do bloco Fushun-Yongchuan é viável. A perfuração de 15 poços no local poderia começar no fim deste ano ou início do próximo, indicou a reportagem.
A companhia assinou em março o primeiro contrato de partilha de produção com a CNPC, para explorar, desenvolver e produzir gás natural em Fushun-Yongchuan.
Na semana passada, a petrolífera informou que investirá aproximadamente US$ 20 bilhões em projetos globais de gás natural até 2015.
O consumo anual de gás na China deve subir para 230 bilhões de metros cúbicos em 2015, enquanto o fornecimento possivelmente superará 260 bilhões de metros cúbicos, afirmou Liu Tienan, diretor da Administração Nacional de Energia da China, no fim de outubroA petrolífera Royal Dutch Shell investirá cerca de US$ 1 bilhão por ano no negócio exploração e produção (upstream) de gás natural na China para atender à crescente demanda do país, segundo o jornal “China Daily”, que cita Peter Voser, presidente da companhia. “Há um enorme potencial no mercado de gás natural na China”, disse o executivo à publicação.


A Shell possui dois blocos de gás na província de Sichuan, que opera em parceria com a China National Petroleum Corporation (CNPC). A companhia perfurou 13 poços no bloco de Jinqiu e chegará a 21 em abril de 2013, de acordo com o jornal. O projeto de Jinqiu alcançou a primeira produção de gás em setembro passado e atualmente explora 110 mil metros cúbicos de gás por dia.


A Shell continua a avaliar se o desenvolvimento para fins comerciais do bloco Fushun-Yongchuan é viável. A perfuração de 15 poços no local poderia começar no fim deste ano ou início do próximo, indicou a reportagem.


A companhia assinou em março o primeiro contrato de partilha de produção com a CNPC, para explorar, desenvolver e produzir gás natural em Fushun-Yongchuan.


Na semana passada, a petrolífera informou que investirá aproximadamente US$ 20 bilhões em projetos globais de gás natural até 2015.


O consumo anual de gás na China deve subir para 230 bilhões de metros cúbicos em 2015, enquanto o fornecimento possivelmente superará 260 bilhões de metros cúbicos, afirmou Liu Tienan, diretor da Administração Nacional de Energia da China, no fim de outubro.



Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar