acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Shell investe em operação de lubrificantes na China

17/08/2012 | 17h52

 

A Shell anunciou nesta sexta-feira (17) a construção de uma nova fábrica de lubrificantes em Tianjin (Pequim), China. A instalação, que contempla o que há de mais inovador em alta tecnologia, foi idealizada para fornecer uma gama de produtos de lubrificantes para o norte do país, agregando as seis instalações da Shell já existentes naquele país. A capacidade de produção de inicial será de 300 milhões de litros por ano, com potencial para expandir a 500 milhões de litros.
A companhia tornou-se a empresa de energia internacional líder no mercado de lubrificantes da China ao adquirir três plantas de mistura em 2006. Na ocasião, comprou 75% da Beijing Tongyi Petroleum Chemical Ltda. e da Tongyi Petroleum Chemical Ltda., que produzem e comercializam o lubrificante Monarch, marca independente, líder no mercado chinês. Pioneira em inovação, a Shell construiu ainda uma instalação com tecnologia especializada em lubrificantes em Zhuhai, além de ter anunciado, recentemente, outra para Xangai - a ser inaugurada em 2013.
"Estamos muito satisfeitos em confirmar estes novos investimentos em nossa cadeia de suprimentos na China - o mercado de lubrificantes que mais cresce mundialmente”. E finalizou: “Estamos bem posicionados para atender às necessidades futuras de clientes na Ásia e, assim, sustentar nossa liderança de mercado, além de projetar nossos planos de crescimento", disse Mark Gainsborough, vice-presidente comercial da Shell Global.
Além de ser líder em tecnologia de produtos e em cadeias de suprimentos, a companhia é a maior fornecedora internacional de lubrificantes na Ásia em volumes de vendas (fonte: Kline 2011).

A Shell anunciou nesta sexta-feira (17) a construção de uma nova fábrica de lubrificantes em Tianjin (Pequim), China. A instalação, que contempla o que há de mais inovador em alta tecnologia, foi idealizada para fornecer uma gama de produtos de lubrificantes para o norte do país, agregando as seis instalações da Shell já existentes naquele país. A capacidade de produção de inicial será de 300 milhões de litros por ano, com potencial para expandir a 500 milhões de litros.


A companhia tornou-se a empresa de energia internacional líder no mercado de lubrificantes da China ao adquirir três plantas de mistura em 2006. Na ocasião, comprou 75% da Beijing Tongyi Petroleum Chemical Ltda. e da Tongyi Petroleum Chemical Ltda., que produzem e comercializam o lubrificante Monarch, marca independente, líder no mercado chinês. Pioneira em inovação, a Shell construiu ainda uma instalação com tecnologia especializada em lubrificantes em Zhuhai, além de ter anunciado, recentemente, outra para Xangai - a ser inaugurada em 2013.


"Estamos muito satisfeitos em confirmar estes novos investimentos em nossa cadeia de suprimentos na China - o mercado de lubrificantes que mais cresce mundialmente”. E finalizou: “Estamos bem posicionados para atender às necessidades futuras de clientes na Ásia e, assim, sustentar nossa liderança de mercado, além de projetar nossos planos de crescimento", disse Mark Gainsborough, vice-presidente comercial da Shell Global.


Além de ser líder em tecnologia de produtos e em cadeias de suprimentos, a companhia é a maior fornecedora internacional de lubrificantes na Ásia em volumes de vendas (fonte: Kline 2011).



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar