acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
E&P

Shell deve perfurar o bloco BC-10 até setembro e faz avaliações para BS-4

21/07/2005 | 00h00

O gerente da Shell na Área de Exploração para a América do Sul, Graeme Smith, disse nesta quinta-feira (21/07) que a empresa deverá fazer em setembro mais uma perfuração de avaliação no bloco BC-10, localizado na Bacia de Campos. "Vamos continuar avaliando as opções para as outras perfurações no bloco e também vendo a tecnologia que vai ser necessária para um eventual desenvolvimento", disse Smith, durante almoço na Câmara Britânica de Comércio (Britcham).

O BC-10 é operado pela Shell e tem participação da Petrobras. De acordo com o cronograma da concessão, assinada em 1998, as empresas têm até 2007 para declarar ou não a comercialidade do bloco, onde já foram feitas descobertas de óleo pesado. O executivo disse que as avaliações também incluem a perfuração de mais um poço no bloco BS-4, localizado na Bacia de Santos e também operado pela Shell, com participações da Petrobras e da Chevron. Neste caso, as concessionárias têm até o final de 2006 para anunciar a comercialidade do bloco. Se decidir desenvolver as atividades nos dois blocos os primeiros óleos de BC-10 e BS-4 deverão estar sendo produzidos no final de 2009 e final de 2011, respectivamente. "Os parceiros estão envolvidos nessas avaliações o tempo todo", disse o gerente.

Durante a sua apresentação, Graeme Smith citou projeções do mercado que estimam investimentos de US$ 100 bilhões no mercado mundial de gás. O gerente evitou estimar quanto desse volume poderia ser destinado ao Brasil, mas disse que o mercado brasileiro apresenta grande potencial de crescimento. Para este ano, a empresa prevê investimentos de US$ 125 milhões em exploração e produção no Brasil.



Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar