acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Shell cobra retomada de licitações de blocos de exploração no Brasil

17/09/2012 | 23h36

 

O presidente da Shell no Brasil, André Araújo, cobrou nesta segunda-feira (17) a retomada das rodadas de licitações de blocos de exploração de petróleo no Brasil. Segundo ele, os leilões, que não acontecem desde 2008, são importantes para o Brasil, considerado um país estratégico para a companhia.
Araújo, que participou da Rio Oil & Gas, no Rio de Janeiro, também ressaltou que a petroleira vai fechar 2012 produzindo mais gás natural do que petróleo no mundo, pela primeira vez na história da companhia.
O executivo que a companhia vai perfurar no próximo ano o primeiro poço exploratório na bacia de São Francisco, em Minas Gerais. A petroleira possui cinco blocos de exploração na bacia, com forte potencial para descobertas de gás natural.
“Nós ainda não temos decidido a quantidade de poços que serão perfurados. O que esperamos encontrar lá é gás”, disse o executivo, durante a Rio Oil & Gas, no Rio de Janeiro.
Segundo Araujo, a Shell produz atualmente cerca de 60 mil barris por dia de petróleo como operadora no Brasil.

O presidente da Shell no Brasil, André Araújo, cobrou nesta segunda-feira (17) a retomada das rodadas de licitações de blocos de exploração de petróleo no Brasil. Segundo ele, os leilões, que não acontecem desde 2008, são importantes para o Brasil, considerado um país estratégico para a companhia.


Araújo, que participou da Rio Oil & Gas, no Rio de Janeiro, também ressaltou que a petroleira vai fechar 2012 produzindo mais gás natural do que petróleo no mundo, pela primeira vez na história da companhia.


O executivo que a companhia vai perfurar no próximo ano o primeiro poço exploratório na bacia de São Francisco, em Minas Gerais. A petroleira possui cinco blocos de exploração na bacia, com forte potencial para descobertas de gás natural.


“Nós ainda não temos decidido a quantidade de poços que serão perfurados. O que esperamos encontrar lá é gás”, disse o executivo, durante a Rio Oil & Gas, no Rio de Janeiro.


Segundo Araujo, a Shell produz atualmente cerca de 60 mil barris por dia de petróleo como operadora no Brasil.

 



Fonte: Valor Online
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar