acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
15ª Rodada da ANP

Shell arremata quatro blocos: C-M-791, POT-M-948, POT-M-859 e POT-M-952

02/04/2018 | 08h43
Shell arremata quatro blocos: C-M-791, POT-M-948, POT-M-859 e POT-M-952
Divulgação Divulgação

Na 15ª Rodada de Licitação de Blocos sob o regime de concessão realizada na última quinta-feira (29/03) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) no Rio de Janeiro, a Shell Brasil Petróleo venceu um bloco de exploração sozinha e três em co-participação com as empresas Chevron, Petrobras e Petrogal. No total, a Shell Brasil será operadora em dois blocos.

“Estamos felizes com as novas aquisições, que se somam a um portfólio já robusto no Brasil. As áreas que arrematamos hoje são mais uma prova de nosso compromisso com o país, origem de cerca de 10% de nossa produção global de óleo e gás”, afirmou o presidente da Shell Brasil, André Araujo. “Vamos empregar quatro décadas de experiência e tecnologia em desenvolvimento em águas profundas nestas áreas, que se encaixam perfeitamente em nossa carteira de ativos global em exploração e produção de óleo e gás”, acrescentou.

Além das áreas arrematadas no leilão de hoje, a Shell já havia divulgado planos de investir cerca de US$ 10 bilhões até o início da década de 2020 nos demais ativos de águas profundas no Brasil.

Há 105 anos no Brasil, a Shell comemora este ano 40 anos de operações em águas profundas nas Américas. No país, a Shell foi a primeira empresa internacional de petróleo a produzir de maneira comercial após o fim do monopólio estatal no fim dos anos 1990. No mundo todo, a produção da Shell em águas profundas deverá superar os 900 mil barris de óleo equivalente diários até 2020, a partir de áreas já descobertas no Brasil, Golfo do México, Nigéria e Malásia.

Resumo das áreas arrematadas pela Shell Brasil:

Bacia de Campos: C-M-791 – Shell Brasil (40% - operadora), Petrogal Brasil (20%), Chevron Brazil (20%)

Bacia Potiguar: POT-M-948 – Shell Brasil (100%), POT-M-859 – Petrobras (60%), Shell Brasil (40%), POT-M-952 – Petrobras (60%), Shell Brasil (40%)



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar