acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Rio Oil & Gas 2008

Shell anuncia seis projetos de pesquisas em biocombustíveis

17/09/2008 | 17h25

O presidente da Shell Brasil, Graeme Sweeney, anunciou nesta quarta-feira (17) na Rio Oil & Gas, novos acordos com especialistas em instituições acadêmicas por todo o mundo, entre elas está a brasileira Universidade de Campinas (Unicamp). A estratégia faz parte do crescente investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento (P & D) com o objetivo de acelerar a obtenção de resultados da companhia.

 

Os novos programas de pesquisa vão investigar novas matérias-primas e novos processos de produção de biocombustível. O foco principal é a melhoria da eficiência e redução de custo.

 

Além da Unicamp, os projetos foram assinados com o instituto de Tcnologia de Massachusetts (MIT), em Massachusetts (EUA), o instituto de Microbiologia da Academia Chinesa de Ciências (IMCAS), em Pequim, e o Instituto Qingdao de Tecnologia em Bioenergia e Bioprocessos da Academia Chinesa de Ciências (QIBEBT), em Qingdao (China); o Centro de Excelência para Biocatálise,Biotransformações e Manufatura Biocatalítica (CoEBio3), baseado na Universidade de Manchester (Reino Unido), e a Escola de Biociências da Universidade de Exeter (Reino Unido).

 

Durante a conferência sobre biocombustível na Rio Oil & Gas, o ex-ministro e coordenador do Centro de Agronegócio da FGV, Roberto Rodrigues, destacou que “o Brasil ainda não tem um modelo de produção definido e que apesar de 11 ministérios diferentes cuidar do assunto eles não conversam entre si.”



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar