acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Pesquisa

Setores de energia e petróleo lideram perdas em valor de mercado

15/10/2012 | 17h49

 

O valor de mercado de 295 empresas brasileiras de capital aberto em 2012 teve crescimento de R$ 146,9 bilhões até o dia 11 de outubro, segundo levantamento da consultoria Economatica. Entretanto, oito setores tiveram queda de valor de mercado este ano, sendo o setor de energia elétrica o mais afetado, com queda de R$ 26,929 bilhões, seguido pelo setor de petróleo e gás, que tem queda de R$ 20,851 bilhões.
O terceiro setor com quedas é o de telecomunicações, com perda de R$ 19,766 bilhões. O quarto setor mais afetado é o dos bancos, que apresentam queda de R$ 12,493 bilhões.
A maior queda em valor de mercado entre as empresas analisadas é da OGX, com R$ 25,728 bilhões. Em segundo vem Itaú Unibanco, com perda de R$ 10,191 bilhões. Em terceiro lugar, vem Eletrobras, com R$ 9,212 bilhões.
A consultoria observa que, entre os quatro setores mais afetados, três sofreram mudanças de regulamentação comercial (energia elétrica, bancos e telecomunicações).
Entre as empresas com melhor desempenho em 2012 está a Ambev, com crescimento de R$ 42,7 bilhões. O setor de alimentos e bebidas sozinho registrou aumento do valor de mercado R$ 54,255 bilhões. O segundo ganho em valor de mercado foi da CCR, com R$ 9,764 bilhões e o terceiro, Petrobrás, com R$ 8,263 bilhões, seguida por Natura, com ganho de R$ 8,228 bilhões.

O valor de mercado de 295 empresas brasileiras de capital aberto em 2012 teve crescimento de R$ 146,9 bilhões até o dia 11 de outubro, segundo levantamento da consultoria Economatica. Entretanto, oito setores tiveram queda de valor de mercado este ano, sendo o setor de energia elétrica o mais afetado, com queda de R$ 26,929 bilhões, seguido pelo setor de petróleo e gás, que tem queda de R$ 20,851 bilhões.


O terceiro setor com quedas é o de telecomunicações, com perda de R$ 19,766 bilhões. O quarto setor mais afetado é o dos bancos, que apresentam queda de R$ 12,493 bilhões.


A maior queda em valor de mercado entre as empresas analisadas é da OGX, com R$ 25,728 bilhões. Em segundo vem Itaú Unibanco, com perda de R$ 10,191 bilhões. Em terceiro lugar, vem Eletrobras, com R$ 9,212 bilhões.


A consultoria observa que, entre os quatro setores mais afetados, três sofreram mudanças de regulamentação comercial (energia elétrica, bancos e telecomunicações).


Entre as empresas com melhor desempenho em 2012 está a Ambev, com crescimento de R$ 42,7 bilhões. O setor de alimentos e bebidas sozinho registrou aumento do valor de mercado R$ 54,255 bilhões. O segundo ganho em valor de mercado foi da CCR, com R$ 9,764 bilhões e o terceiro, Petrobrás, com R$ 8,263 bilhões, seguida por Natura, com ganho de R$ 8,228 bilhões.

 



Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar