acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Economia

Setor químico discute perda de competitividade

06/09/2011 | 10h00
A Associação Brasileira das Indústrias Químicas (Abiquim) reuniu-se com representantes de sindicatos dos trabalhadores nas indústrias químicas para discutir a situação do setor, que enfrenta baixa competitividade.

De janeiro a julho, o déficit na balança comercial de produtos químicos chegou a US$ 13,8 bilhões, aumento de 29% em relação ao mesmo período de 2010. As importações somaram US$ 22,8 bilhões e as exportações alcançaram US$ 9 bilhões. Estudo realizado pela Abiquim aponta um potencial de investimentos no setor, até 2020, de US$ 167 bilhões.

A reunião ocorreu na sede da Abiquim, em São Paulo, com a participação de representante das Federações de Trabalhadores na Indústria Química no Estado de São Paulo vinculadas à CUT e à Força Sindical (Fetquim e Fequimfar, respectivamente), do Sindicato dos Químicos de São Paulo, do Sindicato dos Químicos do ABC e do Sindicato dos Químicos da Baixada Santista, além das assessorias técnicas e econômicas, como o Dieese.


Fonte: Valor Online
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar