acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
ANP

Sétima Rodada terá ênfase no gás e em pequenas jazidas

28/12/2004 | 00h00

A Sétima Rodada da Licitações da Agência Nacional do Petróleo (ANP) dará ênfase à exploração de áreas com potencial para o gás natural e pequenas jazidas em bacias terrestres. A estratégia  é incentivar produção de gás natural para fazer frente à crescente demanda pelo produto e atrair pequenas e médias empresas para a atividade de exploração e produção.
Para a Sétima Rodada estão sendo estudados blocos em 34 setores de 14 bacias sedimentares  brasileiras: Pelotas, Santos, Campos, Espírito Santo, Jequitinhonha, Camamu-Almada,  Recôncavo, Sergipe-Alagoas, Potiguar, Barreirinhas, Pará-Maranhão, Foz  do  Amazonas, Solimões e São Francisco. Além destes, 23 pequenas jazidas de petróleo e gás natural em 4 bacias sedimentares (Recôncavo, Tucano Sul, Camamu e Sergipe-Alagoas) também estarão disponíveis no leilão.
Apesar da ênfase em gás e pequenas jazidas, a Sétima Rodada mantém a estratégia adotada na Sexta Rodada de atrair empresas de todos perfis. As ofertas da próxima licitação incluem blocos não arrematados no leilão anterior e ofertas em blocos de elevado potencial em águas profundas e novas fronteiras no mar e terrestres.
Detalhes das áreas em estudo serão disponibilizados no site da ANP no início de janeiro de 2005. O  cronograma da Sétima Rodada prevê a realização de uma audiência pública, em fevereiro de 2005, seguida da publicação do Pré-edital ao final de abril de 2005. A apresentação das ofertas está prevista para meados de outubro de 2005.
A realização da rodada foi aprovada pelo Conselho Nacional de Política Energética, reunido no dia 8 de dezembro de 2004, que marcou para março de 2005 nova reunião com o objetivo de avaliar os blocos a serem colocados em oferta. Os estudos visando a avaliação dos setores e blocos da rodada serão desenvolvidos pela ANP e devidamente priorizados pelo Ministério das Minas e Energia.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar