acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Bacia da Foz do Amazonas

Senadores debatem exploração de petróleo em áreas de corais da Amazônia

07/06/2017 | 10h59
Senadores debatem exploração de petróleo em áreas de corais da Amazônia
Kare Spanne, Cortesia Statoil Kare Spanne, Cortesia Statoil

A Comissão de Meio Ambiente do Senado debate nesta terça-feira (6) a exploração de petróleo na Amazônia e os riscos desta prática ao meio ambiente.

A discussão ocorre num contexto em que o Ministério do Meio Ambiente e o Ibama analisam o pedido de licenciamento ambiental para perfuração de poços de petróleo na região da Foz do Rio Amazonas.

Entre os painelistas está o ambientalista da WWF Brasil Michel Santos que é contra a exploração petrolífera na região. "O WWF é contra a exploração de petróleo. A atividade é altamente ofensiva e atinge diretamente o Arquipélago Bailique, no Amapá, onde centenas de famílias vivem da pesca artesanal".

Também foram ouvidos representantes de empresas interessadas na exploração de petróleo, como o diretor de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da Total, Claudio Costa, que defende a aprovação do licenciamento ambiental. A multinacional está desde 1975 no Brasil é especializada em produção e fornecimento de energia.

Segundo Claudio Costa, a empresa caracteriza-se por trabalhar com prevenção. Acrescentou que a Total "está pronta para começar a sua campanha".

Os poços de petróleo da Amazônia estão numa região de recifes, corais, esponjas e rodolitos recém-descobertos. São mais de 9 mil quilômetros de natureza até então preservada. A área é 20% maior que a região metropolitana de São Paulo.



Fonte: Redação/Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar