acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Sustentabilidade

Semana da Ciência e Tecnologia deve ter participação de 5 milhões de pessoas

17/10/2012 | 10h00

 

Economia Verde, Sustentabilidade e Erradicação da Pobreza é o tema da "9ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia", que foi aberta na terça-feira (16) pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. O evento, que apresenta as principais novidades brasileiras em pesquisa, na indústria e na produção de alimentos, inclui exposições de produtos, além de oferta de diversos serviços, palestras e oficinas.
O ministro da Ciência e Tecnologia, Marco Antonio Raupp, estima que cerca de 5 milhões de pessoas devem participar das 20 mil atividades da semana, que tem eventos previstos para todos os estados.
Raupp diz que a Semana Nacional de Tecnologia é um diálogo entre a sociedade e o ministério. “Ela representa uma base conceitual diferente, nova para o desenvolvimento do país, para modernização da sociedade brasileira, para que possamos usar os recursos naturais de forma inteligente”.
A programação, que vai até o próximo domingo (21), inclui a apresentação de várias pesquisas de estudantes universitários, além de trabalhos de pesquisadores sobre como baratear a energia solar, produzir fertilizantes e  melhorar o aproveitamento da produção agrícola e do armazenamento de água, entre muitos outros projetos.
Alunos do ensino fundamental também participam, mostrando, por exemplo, suas experiências com hortas e técnicas de reciclagem de produtos que podem ser aplicados nas escolas. "A gente planta alface, couve e muitas outras coisas que consome, e sem agrotóxico”, conta Natália, estudante de 11 anos, apresentando a horta da sua escola, que usa garrafas pet como canteiros.

Economia Verde, Sustentabilidade e Erradicação da Pobreza é o tema da "9ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia", que foi aberta na terça-feira (16) pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. O evento, que apresenta as principais novidades brasileiras em pesquisa, na indústria e na produção de alimentos, inclui exposições de produtos, além de oferta de diversos serviços, palestras e oficinas.


O ministro da Ciência e Tecnologia, Marco Antonio Raupp, estima que cerca de 5 milhões de pessoas devem participar das 20 mil atividades da semana, que tem eventos previstos para todos os estados.


Raupp diz que a Semana Nacional de Tecnologia é um diálogo entre a sociedade e o ministério. “Ela representa uma base conceitual diferente, nova para o desenvolvimento do país, para modernização da sociedade brasileira, para que possamos usar os recursos naturais de forma inteligente”.


A programação, que vai até o próximo domingo (21), inclui a apresentação de várias pesquisas de estudantes universitários, além de trabalhos de pesquisadores sobre como baratear a energia solar, produzir fertilizantes e melhorar o aproveitamento da produção agrícola e do armazenamento de água, entre muitos outros projetos.


Alunos do ensino fundamental também participam, mostrando, por exemplo, suas experiências com hortas e técnicas de reciclagem de produtos que podem ser aplicados nas escolas. "A gente planta alface, couve e muitas outras coisas que consome, e sem agrotóxico”, conta Natália, estudante de 11 anos, apresentando a horta da sua escola, que usa garrafas pet como canteiros.

 

Leia também: www.tnsustentavel.com.br



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar