acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Entrave

Sem gás, térmica de Cuiabá paralisa geração de energia

18/06/2007 | 00h00

A Usina Termelétrica Governador Mário Covas, de Cuiabá, em Mato Grosso, paralisou a geração de energia no sábado devido à redução de gás natural fornecido pela estatal boliviana YPFB. De acordo com o diretor Comercial e de Regulação da térmica, Fábio Garcia, não há previsão para retorno da atividade e há perspectiva de interrupção total da entrega de gás.

Segundo Garcia, a YPFB informou como motivo da diminuição "problemas operacionais na estação de compressão de Rio Grande." A empresa brasileira tem recebido 600 mil metros cúbicos por dia, insuficientes para a geração mínima da usina, de 135 megawatts. Esta carga requer 700 mil metros cúbicos diários.

"A existência de problemas operacionais reduziu o fornecimento de gás natural para Cuiabá", explicou o diretor à Reuters, ontem. "Fomos notificados pela YPFB de que pode haver redução adicional ou interrupção de gás à térmica de Cuiabá".



Fonte: Jornal do Commercio
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar