acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Opinião

Selic: juros altos podem agravar quadro recessivo, por José Ricardo Roriz Coelho

05/03/2015 | 10h45
Selic: juros altos podem agravar quadro recessivo, por José Ricardo Roriz Coelho
Divulgação Fiesp Divulgação Fiesp

“A elevação da taxa Selic é mais um ingrediente a alimentar a ameaça de recessão no Brasil. Sem demora, precisamos de uma política de juros e de uma carga tributária compatíveis com as vigentes nos países com os quais competimos”, avalia José Ricardo Roriz Coelho, presidente da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast).

Representante de um setor que, em 2014, enfrentou queda de 3,5% na produção física e de 6,5% no faturamento real, Roriz é enfático: “A Selic alta não pode ser o único instrumento de combate à inflação. É preciso reduzir gastos públicos, adotar medidas que recuperem a credibilidade do país perante os investidores externos e acenar para o setor produtivo com perspectivas reais de estabilização econômica.”

O empresário também considera que o real desvalorizado é, hoje, uma armadilha, e considera emergenciais medidas que facilitem o acesso das médias e pequenas empresas às linhas de crédito de longo prazo, diminuam o custo de se produzir no Brasil, reduzam a burocracia e estimulem a diversificação da concorrência dos serviços, insumos e matérias primas.

“São essas as respostas que a sociedade espera. Soluções que de fato nos recoloquem na trilha do desenvolvimento”, conclui Roriz.



Fonte: Redação / Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar