acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Investimentos

Schulz inaugura segunda fábrica no Rio

25/10/2006 | 00h00

Será realizada nessa segunda-feira (30), às 11h, em Campos, Região Norte Fluminense, a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da segunda fábrica que a Schulz América Latina irá instalar no distrito industrial da Codin (Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro), na cidade.

A unidade produzirá de 350 a 500 toneladas/mês de tubos de aço inoxidável com costura em ligas resistentes à corrosão para os setores de petróleo, gás natural, naval, petroquímico e siderúrgico, o que representa investimentos da ordem de R$ 52 milhões.

O empreendimento da Schulz, em parceria com tradicionais grupos alemães EEW Gmbh e Heinz Gothe, foi atraído pela Codin, empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, durante visita à matriz da empresa na Alemanha.

Com faturamento estimado em R$ 70 milhões, a nova unidade irá formar, juntamente com a fábrica de conexões tubulares, que já se encontra em construção em Campos e deverá ser inaugurada em dezembro, um pólo transformador de aço inoxidável no Estado do Rio, especialmente no Norte Fluminense.

De acordo com o diretor-executivo da empresa, Marcelo Bueno, um terço dos tubos servirá como matéria-prima para a fábrica de conexões tubulares de Campos, um terço será destinado às exportações e o terço restante para fornecimento ao mercado interno, especialmente para projetos offshore.

O novo projeto contará com apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, através da análise e enquadramento nos programas de fomento, administrados pela Codin, ou no FREMF (Fundo de Recuperação Econômica dos Municípios Fluminenses), através da InvesteRio, ambos órgãos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Em agosto, a Schulz assinou com o governo do estado o Termo de Compromisso para a instalação do novo empreendimento em Campos, durante a realização da Rio Oil & Gás. Também na ocasião, o grupo alemão se comprometeu a contratar mão-de-obra qualificada nas escolas técnicas estaduais para a implantação da nova empresa. A expectativa é que a construção da nova fábrica gere cerca de 300 postos de trabalho diretos durante as obras.



Fonte: Da Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar