acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás Natural

Santa Catarina: aumento no consumo de gás e novas ligações marcam primeiro semestre da SCGÁS

18/07/2017 | 13h03
Santa Catarina: aumento no consumo de gás e novas ligações marcam primeiro semestre da SCGÁS
Divulgação Divulgação

Depois de registrar em maio o maior volume de distribuição de gás natural em 30 meses, a SCGÁS confirmou que o consumo das indústrias em junho foi o maior dos últimos sete anos neste mesmo mês. O crescimento de 5% na quantidade de gás natural consumido em relação ao primeiro semestre do ano passado comprova uma tendência de retomada da economia catarinense que já era anunciada desde o começo do ano, e que tem contribuído também com o aumento no número de interligações de clientes à rede de distribuição da SCGÁS. Desde janeiro, já foram ligadas 18 novas indústrias, nove condomínios residenciais, cinco comércios e um posto de GNV, além de uma residência unifamiliar e um cliente de geração distribuída industrial e outro comercial.

A região do estado com mais indústrias interligadas em 2017 é o Vale do Itajaí – até este mês já estão consumindo gás natural a Tingimentos e a Baumgarten Gráfica, de Blumenau; a Balardin e a Benex, de Indaial; a Glax Vitreria, de Pomerode; e a Hercules Motores, com sede em Timbó. Na região da Grande Florianópolis, foram cinco novas interligações de indústrias: Maxton, Esmalpó e Litoral Epóxi, de Palhoça; Ferraz Fernandes, de Biguaçu; e Mentu’s Pães, de São José. A região Sul também tem cinco novas indústrias interligadas neste ano: a Aramar e a Sical, de Criciúma; a Farben Tintas e a Dav Química do Brasil, com sede em Içara; e a Tecidos Catarinenses, de Tubarão. Já no Norte, foram interligadas a indústria de galvanização a fogo Beretta, de Araquari, e a Datina, de Joinville.

Outro segmento de consumo de gás natural que tem ampliado consideravelmente seu mercado em Santa Catarina é o residencial. Somente neste ano já foram ligados cinco condomínios em Criciúma – Edifício Palazzo e Residenciais Vercelli, Volano, Stuttgart e Azurro -, três em Tubarão – Residenciais Sevilha, Majestic e Loft Residence – e um em Palhoça – La Pierre Blanc Residence. Além destes empreendimentos, foi ligada uma residência unifamiliar em Criciúma.

Entre os comércios atendidos pela SCGÁS, foram ligados neste ano o Lontra Bar, a Wellness Academia, o Hotel Faial e uma das unidades do Restaurante Central, em Florianópolis. Outro cliente deste segmento que passou a ser atendido em 2017 é a Panificadora Bom Gosto, de Palhoça. Já entre os postos de GNV, o Posto Formento foi interligado à rede de distribuição em Navegantes.

Nova modalidade de atendimento da SCGÁS, a geração distribuída atende dois clientes, do ramo industrial e comercial. São eles a Koala Energy, de Rio Negrinho, e o Shopping Della, de Criciúma, respectivamente.



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar