acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

Rússia suspende envio de petróleo à China após terremoto

14/10/2011 | 16h35
A empresa russa que detém o monopólio dos oleodutos do país, a Transneft, disse que suspendeu temporariamente as exportações de petróleo para a China e o transporte para o porto russo de Kozmino, no extremo leste do país, depois de um terremoto, acrescentando que o oleoduto ESPO não foi danificado e que entregas seriam retomadas nesta sexta-feira.

O Serviço Geológico dos EUA disse que um terremoto de magnitude 6,1 atingiu às 3h10 (horário de Brasília) desta sexta-feira (14) a região de Amur, na Rússia, cerca de 5.150 quilômetros a leste de Moscou e 2.010 quilômetros ao norte de Heilongjiang, na China.

Autoridades russas afirmaram que não havia registro de vítimas ou danos significativos à infraestrutura.

"A empresa suspendeu entregas como uma medida preventiva. A Transneft prevê abalos secundários, mas teoricamente as transmissões devem ser retomadas hoje", disse um porta-voz da empresa à Reuters.

O oleoduto Sibéria Oriental-Oceano Pacífico, lançado em 1º de janeiro, transporta 300 mil barris de petróleo por dia para a China, enquanto outros 300 mil barris são levados via linha ferroviária para Kozimo.


Fonte: Agência Reuters
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar