acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

Rosneft leva produção russa de petróleo a novo recorde

02/01/2013 | 11h32

 

O aumento da extração de petróleo da estatal Rosneft manteve a produção da Rússia como a maior do mundo no ano passado, à frente de Arábia Saudita, mostraram dados do governo russo nesta quarta-feira (2).
A produção de petróleo subiu quase 1%, para 10,37 milhões de barris por dia, mas o crescimento pode parar neste ano devido ao esgotamento de campos na Sibéria.
A Rússia, cujas vendas de petróleo e gás representam quase metade das receitas orçamentárias, pretende manter sua produção de petróleo em 10 milhões de barris até 2020.
O governo russo aumentou sua participação na indústria do petróleo para mais de 50% após a estatal Rosneft fechar um acordo para adquirir a anglo-russa TNK-BP por cerca de 55 bilhões de dólares.
Após a aquisição, prevista para ser concluída no primeiro semestre deste ano, a Rosneft vai se tornar a maior produtora mundial, com produção de hidrocarbonetos de 4,6 milhões de barris de óleo equivalente por dia.
A Rosneft relatou um dos maiores aumentos de produção de petróleo entre as grandes companhias de petróleo russas no ano passado, com um aumento de 2,3%, para 117,473 milhões de toneladas (2,4 milhões bpd) em uma base diária favorecida pelo aumento da produção em seu campo Vankor, na Sibéria Oriental, para 367 mil barris diários.
A Arábia Saudita tem restringido sua produção para estabilizar os preços do petróleo, que atingiram alta recorde no ano passado.

O aumento da extração de petróleo da estatal Rosneft manteve a produção da Rússia como a maior do mundo no ano passado, à frente de Arábia Saudita, mostraram dados do governo russo nesta quarta-feira (2).


A produção de petróleo subiu quase 1%, para 10,37 milhões de barris por dia, mas o crescimento pode parar neste ano devido ao esgotamento de campos na Sibéria.


A Rússia, cujas vendas de petróleo e gás representam quase metade das receitas orçamentárias, pretende manter sua produção de petróleo em 10 milhões de barris até 2020.


O governo russo aumentou sua participação na indústria do petróleo para mais de 50% após a estatal Rosneft fechar um acordo para adquirir a anglo-russa TNK-BP por cerca de 55 bilhões de dólares.


Após a aquisição, prevista para ser concluída no primeiro semestre deste ano, a Rosneft vai se tornar a maior produtora mundial, com produção de hidrocarbonetos de 4,6 milhões de barris de óleo equivalente por dia.


A Rosneft relatou um dos maiores aumentos de produção de petróleo entre as grandes companhias de petróleo russas no ano passado, com um aumento de 2,3%, para 117,473 milhões de toneladas (2,4 milhões bpd) em uma base diária favorecida pelo aumento da produção em seu campo Vankor, na Sibéria Oriental, para 367 mil barris diários.


A Arábia Saudita tem restringido sua produção para estabilizar os preços do petróleo, que atingiram alta recorde no ano passado.



Fonte: Agência Reuters
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar