acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

Rosatom assina acordo com companhia finlandesa

04/07/2013 | 17h52

 

A companhia finlandesa Fennovoima e a Rusatom Overseas, subsidiária da estatal russa Rosatom, assinaram hoje (4) um acordo de desenvolvimento de projeto visando contrato para fornecimento da usina de energia nuclear Hanhikivi 1. A previsão é que o contrato seja assinado até o fim de 2013 e que seja negociada a aquisição de 34% de participação no capital social da Fennovoima por parte da Rusatom Overseas.
O modelo de execução da Rusatom Overseas e a oferta como um todo foram fatores preponderantes para o negócio. O reator russo a ser fornecido à companhia é o AES-2006, de 1.200 MW. Este reator de água pressurizada (PWR) é a evolução mais recente em uma longa linha de projetos de plantas VVER. A planta está de acordo com os requisitos da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e da União Européia e, para fins de licenciamento, será adaptada às normas de segurança nacionais finlandesas. Naquele país, duas plantas VVER-440 já vêm sendo usadas com segurança na cidade de Loviisa por décadas. Atualmente, a Rosatom possui encomendas de reatores AES-2006 do exterior e já está construindo algumas unidades na Rússia.
As negociações com a Rusatom Overseas começaram em abril de 2013. Desde fevereiro, existiam negociações em andamento também com a Toshiba, mas, a partir de agora, a Fennovoima vai concentrar suas negociações apenas com a Rusatom Overseas.
A Rosatom vai abrir escritório no Rio de Janeiro até o final deste ano. A estatal russa vem conversando com o governo e já sinalizou que está disposta a construir, operar e financiar investimentos em usinas nucleares no Brasil, de acordo com o modelo de negócio que o governo julgar mais interessante para o país.

A companhia finlandesa Fennovoima e a Rusatom Overseas, subsidiária da estatal russa Rosatom, assinaram hoje (4) um acordo de desenvolvimento de projeto visando contrato para fornecimento da usina de energia nuclear Hanhikivi 1. A previsão é que o contrato seja assinado até o fim de 2013 e que seja negociada a aquisição de 34% de participação no capital social da Fennovoima por parte da Rusatom Overseas.


O modelo de execução da Rusatom Overseas e a oferta como um todo foram fatores preponderantes para o negócio. O reator russo a ser fornecido à companhia é o AES-2006, de 1.200 MW. Este reator de água pressurizada (PWR) é a evolução mais recente em uma longa linha de projetos de plantas VVER. A planta está de acordo com os requisitos da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e da União Européia e, para fins de licenciamento, será adaptada às normas de segurança nacionais finlandesas. Naquele país, duas plantas VVER-440 já vêm sendo usadas com segurança na cidade de Loviisa por décadas. Atualmente, a Rosatom possui encomendas de reatores AES-2006 do exterior e já está construindo algumas unidades na Rússia.


As negociações com a Rusatom Overseas começaram em abril de 2013. Desde fevereiro, existiam negociações em andamento também com a Toshiba, mas, a partir de agora, a Fennovoima vai concentrar suas negociações apenas com a Rusatom Overseas.


A Rosatom vai abrir escritório no Rio de Janeiro até o final deste ano. A estatal russa vem conversando com o governo e já sinalizou que está disposta a construir, operar e financiar investimentos em usinas nucleares no Brasil, de acordo com o modelo de negócio que o governo julgar mais interessante para o país.

 



Fonte: Revista TN Petróleo, Redação com Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar