acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Brasil Offshore 2013

Rodada Tecnológica reúne grandes e pequenas empresas

11/06/2013 | 19h04

 

Foi realizada hoje (11), no primeiro dia da Brasil Offshore, a primeira edição da Rodada Tecnológica, onde empresas representativas da indústria de óleo e gás - como Subsea 7, Shell e Aker Solutions - assistiram apresentações de empresas brasileiras de base tecnológica - como Transeletron, Subsin e Virtualy -, para que possa haver interação entre grandes players com possíveis fornecedores para o setor subsea.
"Essas empresas brasileiras, que são de menor porte, possuem altíssimo conteúdo tecnológico. Muitos dos produtos apresentados aqui já foram desenvolvidos e estão atuando no mercado, outros ainda estão sendo elaborados. São tecnologias que podem atuar a 3 mil metros de profundidade, em um ambiente de difícil acesso", afirmou o representante da Organização Nacional da Indústria do Petróleo (Onip), Carlos Camerini. "Com essa rodada nós quisemos mostrar que tem que haver uma interação entre as grandes empresas e as pequenas. Eu diria que esse primeiro modelo é um protótipo do que queremos que aconteça em todos os outros congressos", afirmou.

Foi realizada hoje (11), no primeiro dia da Brasil Offshore, a primeira edição da Rodada Tecnológica, onde empresas representativas da indústria de óleo e gás - como Subsea 7, Shell e Aker Solutions - assistiram apresentações de empresas brasileiras de base tecnológica - como Transeletron, Subsin e Virtualy -, para que possa haver interação entre grandes players com possíveis fornecedores para o setor subsea.


"Essas empresas brasileiras, que são de menor porte, possuem altíssimo conteúdo tecnológico. Muitos dos produtos apresentados aqui já foram desenvolvidos e estão atuando no mercado, outros ainda estão sendo elaborados. São tecnologias que podem atuar a 3 mil metros de profundidade, em um ambiente de difícil acesso", afirmou o representante da Organização Nacional da Indústria do Petróleo (Onip), Carlos Camerini. "Com essa rodada nós quisemos mostrar que tem que haver uma interação entre as grandes empresas e as pequenas. Eu diria que esse primeiro modelo é um protótipo do que queremos que aconteça em todos os outros congressos", afirmou.

 



Fonte: Revista TN Petróleo, Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar