acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Fornecedores

Rodada de negócios de Petróleo e Gás terá participação de mais de 170 empresas

12/04/2006 | 00h00

Aproximadamente 170 pequenas e microempresas terão uma oportunidade para fechar grandes contratos. Hoje, em Pelotas, será realizada a 2ª Rodada de Negócios do Petróleo e Gás com nove das principais e maiores empresas do setor. A ação é uma iniciativa do Projeto Petróleo e Gás, do Sebrae no Rio Grande do Sul, em conjunto com o Governo do Estado, Rede Petro, Refinaria Alberto Pasqualini S/A (Refap) e grandes companhias do setor.

Já estão agendadas cerca de 800 reuniões de negócios entre micro e pequenas empresas do setor, além de grandes empresas, como o grupo Quip, responsável pela montagem da plataforma de petróleo de Rio Grande, Weatherfor, Taurus, Refap e outras. A estimativa é que, somente neste dia, sejam realizados R$ 4 milhões em negócios. Participarão micro e pequenas empresas de 32 municípios gaúchos.

"O objetivo do evento é a abertura de novos mercados às micro e pequenas empresas participantes do projeto e também uma alternativa aos empreendimentos do setor metalmecânico, por exemplo, que sofrem com os prejuízos causados pela última seca", afirma o superintendente do Sebrae no Rio Grande do Sul, Derly Fialho.

A Instituição disponibiliza a esses empreendimentos aprimoramento gerencial e acesso à inovação tecnológica, para fortalecer os fornecedores da cadeia petrolífera. O Projeto Petróleo e Gás atende empresas de todo o Estado e conta com a parceria da Rede Petro/RS, da Refinaria Alberto Pasqualini (Refap), da Companhia Petroquímica do Sul (Copesul), da Innova, do Pólo Petroquímico de Triunfo, da Sulgás e da Petrobras.

Os participantes da Rodada de Negócios são oriundos de 32 municípios gaúchos, pertencentes às seguintes regiões: Metropolitana, do Vale do Sinos, da Serra, Noroeste, Planalto Norte e Metade Sul. "Essas empresas vão prospectar os mais diversos negócios. Serão oferecidos produtos como softwares, maquinário e serviços", adianta Derly Fialho.

As inscrições já estão encerradas, mas não se descarta a participação de quem não agendou reuniões, por meio de um encaixe para suprir prováveis ausências", diz o Coordenador do Setorial Metalmecânico do Sebrae no Rio Grande do Sul, Tiago Lemos. Na Rodada de Negócios, que será realizada na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), localizada na Avenida Assis Brasil, 8787, em Porto Alegre, os empresários poderão ver também uma mostra de inovações tecnológicas do setor petrolífero.

Estarão expostas peças criadas especificamente para atender às demandas das nove grandes empresas que participarão do encontro. São invenções tanto de pequenos fornecedores quanto de alguns laboratórios. Uma forte exigência, que pode condicionar a conclusão de acordos comerciais é a execução de projetos de Responsabilidade Social Empresarial. Para demonstrar as formas de fazer essas ações, a organização do evento levará ao local diversas instituições filantrópicas, que explanarão seu trabalho. Entre elas, estão grupos de apoio ao aprendizado de música, creches e ações voluntárias.



Fonte: Jornal Agora (RS)
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar