acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Evento

Rio tem seminário sobre potencial da Baixada Fluminense

21/03/2013 | 13h16

 

O vice-governador e coordenador de infraestrutura do estado, Luiz Fernando Pezão, participou, nesta quinta-feira (21), do seminário do Sistema Firjan "Visões de Futuro: Potencialidades e Desafios da região da Baixada Fluminense" em Nova Iguaçu. No evento, com participação dos nove prefeitos da área I da Baixada, a instituição apresentou as conclusões do estudo que mostra oportunidades e desafios para o desenvolvimento dos municípios para o período de cinco a 15 anos.
Com investimentos de R$ 5 bilhões, o vice-governador apresentou as obras em andamento e as previstas para a Baixada Fluminense. Para Pezão, a construção do Arco Metropolitano é a grande revolução para o desenvolvimento da área.
"O arco é a redenção da Região Metropolitana do Rio. Ele vai possibilitar a ligação do Porto de Itaguaí ao Comperj. Queremos entregar essa obra no fim de 2013, no máximo março de 2014. É uma oportunidade única. Tem muitas empresas querendo se instalar ao longo do arco, diversos programas habitacionais. É a oportunidade que a Baixada tem para gerar emprego e renda", disse.

O vice-governador e coordenador de infraestrutura do estado, Luiz Fernando Pezão, participou, nesta quinta-feira (21), do seminário do Sistema Firjan "Visões de Futuro: Potencialidades e Desafios da região da Baixada Fluminense" em Nova Iguaçu. No evento, com participação dos nove prefeitos da área I da Baixada, a instituição apresentou as conclusões do estudo que mostra oportunidades e desafios para o desenvolvimento dos municípios para o período de cinco a 15 anos.


Com investimentos de R$ 5 bilhões, o vice-governador apresentou as obras em andamento e as previstas para a Baixada Fluminense. Para Pezão, a construção do Arco Metropolitano é a grande revolução para o desenvolvimento da área.


"O arco é a redenção da Região Metropolitana do Rio. Ele vai possibilitar a ligação do Porto de Itaguaí ao Comperj. Queremos entregar essa obra no fim de 2013, no máximo março de 2014. É uma oportunidade única. Tem muitas empresas querendo se instalar ao longo do arco, diversos programas habitacionais. É a oportunidade que a Baixada tem para gerar emprego e renda", disse.

 



Fonte: Redação / Agência
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar