acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Belo Monte

Reunião marcada para hoje pode acabar com paralisação em obra da usina

28/11/2011 | 11h00
Uma reunião entre trabalhadores e representantes do consórcio construtor da Usina de Belo Monte, marcada para hoje (28), pode por fim à paralisação dos trabalhos no principal canteiro de obras, no Pará.

Desde sexta-feira (25), após manifestação que reuniu cerca de 40 dos 1,8 mil trabalhadores, as obras estão paradas no sítio Belo Monte. Alegando questões de segurança, a empresa decidiu suspender os trabalhos na área até o resultado da reunião.

Os trabalhadores reivindicam o pagamento de horas extras aos sábados, reajuste no vale-alimentação e instalação de telefones nos canteiros de obras. Na última semana, cerca de 140 foram demitidos dias depois de um protesto em que se queixavam de desvios de função.

De acordo com consórcio, as obras seguem normalmente nos canteiros de Pimental, Canais e Diques e no Travessão 27. Ainda segundo a empresa responsável pelas obras da usina, antes mesmo da manifestação já estava em curso as negociações para definição da data base dos trabalhadores com o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Pesada e Afins do Pará (Sintrapav-PA) e que o prazo ainda não está encerrado.

Os dias parados, segundo o consórcio, não causarão atraso nas obras, porque o cronograma está adiantado.

Procurado pela Agência Brasil, o Sintrapav-PA, em Altamira, informou inicialmente que a paralisação havia sido suspensa. Contudo, em seguida disse que não se manifestaria sobre o assunto.


Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar