acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Repsol YPF realiza a maior descoberta de petróleo da sua história

08/11/2011 | 15h18
A Repsol YPF confirmou hoje a maior descoberta de petróleo da sua história, com os primeiros resultados exploratórios da sua participação em um dos maiores reservatórios de hidrocarbonetos não-convencionais do mundo, denominado Vaca Muerta, na província argentina de Neuquén.
 

A companhia confirmou um volume de recursos recuperáveis de 927 milhões de barris equivalentes de petróleo de hidrocarbonetos não-convencionais, dos quais 741 milhões de barris correspondem a petróleo bruto de alta qualidade (40-45º API) e o resto a gás, em uma superfície de 428 km2 na área Loma La Lata Norte, na província de Neuquén.
 

Especificamente, foram perfurados e colocados em produção 15 poços verticais comum volume total de produção de cerca de 5.000 barris de petróleo equivalente diários.
 

Também foram iniciados trabalhos exploratórios em outra área produtiva de 502 km2 da mesma formação Vaca Muerta. Os poços perfurados nesta região alcançam volumes de produção similares aos da região previamente mencionada, com elevada qualidade (35º API). A nova área abre uma expectativa de grandes volumes para desenvolver no futuro, uma vez que forem realizados os estudos correspondentes e finalizados os trabalhos preliminares necessários para quantificar os recursos.
 

Até agora, a companhia concentrou seus esforços exploratórios de recursos não-convencionais em uma área de Loma La Lata Norte. Essa região, de 428 km2, faz parte dos 12.000 km2 cuja concessão pertence à YPF, na formação Vaca Muerta, um dos maiores reservatórios de hidrocarbonetos não-convencionais (30.000 km2) e com a maior qualidade do mundo. 
 

A consultora internacional Wood Mackenzie identificou o shale de Vaca Muerta entre os melhores do mundo dentro do “Unconventional Gas Service” e o avaliou como “excelente” depois de analisar outras regiões exploratórias nos Estados Unidos, Austrália, China e diferentes países europeus. A medição incluiu, entre outros parâmetros, o desenvolvimento do mercado de hidrocarbonetos, infraestrutura, regulação, disponibilidade de água, termos fiscais, qualidade, volume comparativo, capacidade de melhora da recuperação com a tecnologia e organização da cadeia de abastecimento.
 

A Repsol YPF lançou em dezembro de 2009, o seu “Programa de Desenvolvimento Exploratório 2010-2014”, que se iniciou no começo de 2010 e, entre seus objetivos, foi definido, precisamente, materializar o seu plano de exploração e produção de hidrocarbonetos não-convencionais.
 

Adicionalmente aos 428 km2 informados, estão sendo realizadas perfurações e estudos para quantificar os recursos adicionais na nova extensão delimitada em 502 km2, cujos resultados até a data permitem adiantar dados similares àqueles já colocados de manifesto na área anteriormente mencionada.

 





Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar