acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Internacional

Repsol YPF e Gas Natural firmam contrato para projeto de gás na Argélia

02/12/2004 | 00h00

O ministro de Minas e Energia da Argélia, Chakib Khelil, e os presidentes da Repsol YPF, Antonio Brufau, e da Gás Natural, Salvador Gabarró, firmaram em Argel um contrato para a realização de um projeto que leve, por meio de um consórcio internacional, gás a cabo à Argélia.
A Repsol YPF e a Gas Natural SDG desenvolverão um projeto integrado de exploração, produção e comercialização conjunta de gás natural liquefeito (GNL) na zona de Gassi Touil, ao leste da Argélia, cuja aprovação judicial, através de concurso, foi realizada em 17 de novembro.
A aprovação judicial do contrato outorga à Repsol YPF uma posição de liderança na Argélia e permite à Gás Natural SDG o acesso direto, em caráter inédito, a reservas de gás natural para atender à crescente demanda do mercado.
O consórcio, do qual a Repsol YPF participa com 60% e a Gás Natural com 40%, prevê um investimento conjunto de cerca de 1,6 bilhão de euros (US$ 2,1 bilhões). O projeto inclui também a construção de uma planta de liqüefação de gás natural em Arzew, para comercializar conjuntamente o gás procedente da zona de produção adjudicada.
A planta de liquefação terá uma capacidade de produção de 5,2 bcm anuais de GNL - o equivalente a 20% do consumo espanhol -, e poderá ser ampliada no futuro com um segundo trem para otimizar o projeto. A operação comercial da planta de liquefação poderá começar em 2009.
As duas companhias produzirão reservas de gás já descobertas nas áreas de Gassi Touil, Rhourde Nouss e Hamra, e realizarão trabalhos de exploração para descobrir reservas de hidrocarbonetos adicionais e levar a cabo seu posterior desenvolvimento e produção. A área de Gassi Touil - Rhourde Nouss é adjacente ao campo de Berkine, onde o consórcio formado pela Repsol YPF (operador) e Gas Natural SDG obteve, no mês de julho de 2004, um bloco de exploração de hidrocarbonetos de 4.831 km² (Gassi Chergui Ouest).
Segundo informe da Repsol YPF, a petroleira espanhola e a Gas Natural SDG foram umas das pioneiras na comercialização de gás natural liqüefeito em escala mundial, sendo especialmente significativa sua presença na Espanha e nos Estados Unidos e sua liderança na Bacia Atlântica. A Argélia desempenha um importante papel como subministrador de gás para a Espanha, aprovisionando mais de 50% do mercado espanhol.
A operação ocasiona também importantes sinergias internas com outros ativos exploratórios de ambas companhias na Argélia, como o já mencionado Gassi Chergui Ouest, adjacente a Gassi Touil, e os que a Repsol YPF possui em Reganne (com gás já descoberto) e em M`Sari.
O Projeto Gassi Touil faz parte da estratégia de Gas Natural e Repsol YPF de estudar e desenvolver conjuntamente, caso a caso, projetos integrados de gás nos quais a união das duas companhias acarrete valor agregado.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar