acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
P-34

Reforma prevê investimentos de R$ 265 milhões e geração de 2.800 empregos

12/07/2004 | 00h00

O início da reforma da plataforma P-34 foi marcado pela solenidade realizada nesta segunda-feira (12/07), no Porto de Vitória, onde está localizado o canteiro para a realização das obras. A reforma, que será executada pela empresa GDK, prevê investimentos de R$ 265 milhões e geração de 700 empregos diretos e 2.100 indiretos, com índice de nacionalização de 80%. O governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, e o presidente da Petrobras, José Eduardo Dutra, participaram do evento.
A plataforma será adaptada para viabilizar a produção do campo de Jubarte, na Bacia de Campos, no litoral sul do Espírito Santo, a 80 quilômetros de Vitória. A reforma da P-34 inclui a preparação da planta de processamento para receber o petróleo produzido no campo Jubarte e a ampliação da capacidade de ancoragem de 800 metros para 1.350 metros. A plataforma tem capacidade de produção de 60 mil barris por dia e o início de produção está previsto para o segundo semestre de 2005.
A P-34 era um navio-tanque construído na Holanda e incorporado à antiga Frota Nacional de Petroleiros (Fronape), em 1959. Em 1979, o navio foi convertido no primeiro Sistema Antecipado de Produção (SPA), que deu origem aos atuais sistemas flutuantes de produção. Em 1993, sofreu uma segunda adaptação, sendo transformado numa FPSO (plataforma que produz,  processa e armazena o petróleo), passando a operar em águas mais profundas. Em 1997, foi deslocado para os campos de Caratinga e Barracuda, na Bacia de Campos, até ser desmobilizado em 2003.
Em 1959, como navio-tanque, recebeu o nome de Presidente Juscelino Kubitscheck. Durante o governo militar, sua identificação foi modificada para Presidente Prudente de Moraes. Com a reforma que começa agora, por iniciativa do presidente da Petrobras, voltará a ter o nome de origem, resgatando a homenagem ao presidente JK.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar