acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Replan

Refinaria paralisa uma unidade de hidrotratamento (HDT) do diesel S-10

26/07/2017 | 11h03
Refinaria paralisa uma unidade de hidrotratamento (HDT) do diesel S-10
Agência Petrobras Agência Petrobras

A Petrobras iniciou em 2014 um estudo com o objetivo de reavaliar os processos das unidades de refino e fertilizantes e, consequentemente, adequar o número de postos de trabalho para uma operação mais segura, confiável e eficiente em suas unidades industriais. O estudo de Organização e Métodos de Trabalho (O&M) avaliou rotinas operacionais em cada posto de operação, tanto em condição normal quanto em situação de resposta a emergência. A metodologia permitiu a reorganização das rotinas operacionais, distribuindo-as de forma mais homogênea entre os postos de trabalho, com transferência de algumas atividades do horário de turno para o regime administrativo.

Os resultados do estudo começaram a ser implementados em maio de 2017 nas refinarias da Petrobras. Onde necessário, foram realizados remanejamentos de empregados para áreas de maior demanda. Como resultado, 63% das gerências de Operação das refinarias e fábricas de fertilizantes da Petrobras mantiveram ou aumentaram o número de postos de trabalho, enquanto 37% tiveram redução.

Não houve demissões nesse processo, que se baseou unicamente no remanejamento de pessoas.

Entidades sindicais insatisfeitas com este processo ingressaram com ações judiciais exigindo a suspensão da implementação destas mudanças.

Na última semana, foi proferida decisão judicial de caráter liminar em favor das demandas apresentadas pelo sindicato da Refinaria de Paulínia (Replan), em São Paulo.

Para cumprimento da decisão liminar, a Petrobras comunicou hoje à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) que está paralisando temporariamente uma das três unidades de hidrotratamento (HDT) do diesel S-10 da Refinaria de Paulínia (Replan), em São Paulo.

A Petrobras já recorreu da decisão, com a expectativa de revertê-la no prazo mais curto possível.

A paralisação temporária da planta não gera impactos relevantes nos resultados financeiros da companhia. A produção suspensa será compensada com aumentos em outras unidades da Petrobras.

A Petrobras reforça seu compromisso com a operação de suas instalações em conformidade com os mais rigorosos procedimentos da indústria de petróleo mundial. A empresa reafirma que o estudo de O&M para a área de Operação das unidades de Refino e Fertilizantes resultou em número de trabalhadores necessário e suficiente para garantir a segurança, confiabilidade e eficiência de suas plantas industriais.

 



Fonte: Redação/Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar