acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Biodiesel

Refinaria Manguinhos se prepara para a nova aposta

17/03/2006 | 00h00

A refinaria de Manguinhos, no Rio de Janeiro, que parou de produzir gasolina em agosto de 2005, está se preparando para entrar na produção de biodiesel. A notícia, dada ontem pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário, foi confirmada em parte pelo diretor de assuntos corporativos de Manguinhos, Marcus Vasconcellos.

"Estamos avaliando algumas alternativas de negócios, entre elas o biodiesel. Até o momento, essa alternativa vem passando com sucesso nos testes, que mostram que é possível produzir entre 40 milhões e 50 milhões de litros por ano com pequeno investimento".

De acordo com ele, o teste de produção em escala será feito em duas semanas. Mas ainda não está definido se a produção será a partir do sebo ou de oleaginosas.

Apesar da cautela de Vasconcellos, o ministério dá como certa a participação da refinaria no leilão de abril, com uma oferta de 30 milhões de litros de biodiesel.

Manguinhos forma com a Ipiranga, no Sul, o seleto grupo de refinarias privadas do Brasil que não conseguem competir com a Petrobras. Depois de parar a produção, ela reduziu de 300 para 100 o número de funcionários e hoje não refina mais petróleo. "Estamos formulando combustíveis, solventes e atuando na distribuição. É uma atividade menor do que a que tivemos no passado, e o faturamento caiu um terço", afirmou o diretor.

Até setembro do ano passado a refinaria registrava prejuízo de R$ 41 milhões em seu balanço, contra lucro de R$ 19 milhões em 2004. A empresa, que tem a Repsol YPF como acionista, e sua congênere no Sul entraram com ação contra a Petrobras na Secretaria de Direito Econômico (SDE).



Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar