acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Indústria naval

Recurso para estaleiro de Suape sairá até dezembro

26/08/2005 | 00h00

A Camargo Corrêa deve receber até o próximo mês de dezembro o primeiro repasse do financiamento de US$ 192,6 milhões (R$ 460,3 milhões) para construir o estaleiro no Complexo Portuário de Suape. Até lá, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) analisará o projeto para propor aprimoramentos quanto à capacidade de geração de emprego, ao impacto ambiental e ao seu valor estratégico para Pernambuco.
A averiguação detalhada do projeto está sendo feita pela Comissão de Indústria Pesada do BNDES, que, dentro em breve, deve encaminhar o relatório para o Conselho Diretor do banco, o qual definirá ou não pela aprovação do projeto, cuja carta consulta já foi acatada. A assessoria de Imprensa da instituição informou que, dificilmente, o conselho delibera de forma contrária à decisão da carta consulta.
Os US$ 192,6 milhões correspondem a 90% dos US$ 214 milhões necessários para a construção da obra. A holding terá 20 anos para saldar a dívida e carência de até quatro anos para utilizar o financiamento. O BNDES também acatou a carta-consulta do estaleiro da Aker-Pomar, no Rio Grande do Sul, o que permite o financiamento de 90% dos US$ 144 milhões que a obra precisa.
O estaleiro de Suape será o maior do Hemisfério Sul, com condições de construir dois navios petroleiros e uma plataforma de petróleo de forma simultânea. A previsão é que a obra demore dois anos para ficar pronta, devendo ser inaugurada ainda em 2007. Durante a construção, serão gerados 1,5 mil empregos diretos. Funcionando, o estaleiro terá capacidade de gerar 5 mil empregos diretos, além de 25 mil indiretos.



Fonte: Folha de Pernambuco
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar