acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petrobras

Recordes de refino e de produção de diesel provocam impacto positivo na balança comercial

07/05/2004 | 00h00

As refinarias da Petrobras atingiram mais um recorde de produção no mês de abril, processando aproximadamente 1,76 mil barris de petróleo por dia, 1,2% a mais do que em março. Em função dos aumentos da produção, as importações de óleo diesel foram reduzidas em 80% nos primeiros quatro meses de 2004, o que representou uma economia de divisas de US$ 1,2 bilhão.  
A produção de 694,2 mil barris/ dia de óleo diesel também foi a maior marca da história da companhia. O recorde foi 4,3% superior aos 665,3 mil barris/dia produzidos em março e 18,6% superior à produção média de 2003, que chegou a 585,1 mil barris/dia.
Segundo comunicado enviado pela Petrobras nesta quinta-feira (06/05), os acréscimos na capacidade das refinarias e do aumento da produção de diesel resultaram em impactos positivos na balança comercial do País, na medida em que reduziram as importações de diesel, de 104 mil barris/dia em 2002 para 57 mil barris/dia em 2003. Nos quatro primeiros meses de 2004, as importações de 14 mil barris/diade diesel foram 80% inferiores às do mesmo período de 2003.
A importância dessas reduções para a balança comercial pode ser avaliada pelo dispêndio de divisas com importações de diesel que caíram de US$ 1,1 bilhão em 2002 para US$ 720 milhões em 2003 e, até abril de 2004, estavam em US$ 68 milhões.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar