acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
OTC 2014

Radix apresenta sistema de gestão de interfaces

05/05/2014 | 13h28

 

Radix apresenta sistema de gestão de interfaces
A brasileira Radix, de engenharia e software, participa pelo quarto ano consecutivo da OTC em Houston. Na ocasião, a companhia vai destacar em seu estande nesta edição, o Sistema de Gestão de Interfaces, desenvolvido pela própria empresa. 
O sistema surge da criação de uma metodologia baseada em processos e sistemas que visam garantir que todos os contratados de um empreendimento trabalhem com as informações corretas, evitando problemas de comunicação e atrasos, não onerando o projeto. 
“No caso das oito plataformas replicantes do pré-sal, o número de interfaces entre a Petrobras e seus contratados é enorme e justamente para lidar com esse desafio que o sistema foi desenvolvido. Ele permite que a Petrobras possa garantir que todos trabalhem com a informação correta e atualizada, evitando inconsistências justamente nas interfaces entre um contrato e outro”, observa Flávio Guimarães, sócio e diretor de novos negócios da Radix.
Há dez meses a Radix conta com uma subsidiária americana e, para Guimarães, essa realidade é um diferencial comercial, pois a empresa atenderá com mais eficiência os clientes dos EUA.
“Além de possuirmos um escritório em Houston, também estamos certos que o nosso portfólio integrado é vantajoso, pois oferecemos ao mercado uma combinação de serviços que abrange consultoria, engenharia, automação e desenvolvimento de software. Esse framework dificilmente é encontrado em uma única empresa, tanto nos EUA como no Brasil. O Sistema de Interfaces de Gestão que vamos apresentar é um exemplo da nossa capacidade”, comenta Guimarães.
De acordo com o diretor da Radix, o mercado americano é importante para qualquer economia do mundo e para qualquer empresa que quer crescer.
“No setor de óleo e gás, Houston é a capital mundial, onde as principais empresas do mundo estão presentes. Como sofremos uma estagnação nos últimos dois anos nesse setor no Brasil, a saída para continuar crescendo foi vir para o mercado americano, onde tivemos uma experiência muito positiva no passado. E o crescimento esperado não é só em volume de negócios, mas também no desenvolvimento de novas tecnologias em parceria com as empresas daqui”, conclui.
O presidente da Radix, Luiz Eduardo Rubião, o vice-presidente João Chachamovitz, e o gerente de desenvolvimento de negócios do escritório de Houston da Radix, Kyle Frogge, também estarão presentes no evento.

A brasileira Radix, de engenharia e software, participa pelo quarto ano consecutivo da OTC em Houston. Na ocasião, a companhia vai destacar em seu estande nesta edição, o Sistema de Gestão de Interfaces, desenvolvido pela própria empresa. 

O sistema surge da criação de uma metodologia baseada em processos e sistemas que visam garantir que todos os contratados de um empreendimento trabalhem com as informações corretas, evitando problemas de comunicação e atrasos, não onerando o projeto. 

“No caso das oito plataformas replicantes do pré-sal, o número de interfaces entre a Petrobras e seus contratados é enorme e justamente para lidar com esse desafio que o sistema foi desenvolvido. Ele permite que a Petrobras possa garantir que todos trabalhem com a informação correta e atualizada, evitando inconsistências justamente nas interfaces entre um contrato e outro”, observa Flávio Guimarães, sócio e diretor de novos negócios da Radix.

Há dez meses a Radix conta com uma subsidiária americana e, para Guimarães, essa realidade é um diferencial comercial, pois a empresa atenderá com mais eficiência os clientes dos EUA.

“Além de possuirmos um escritório em Houston, também estamos certos que o nosso portfólio integrado é vantajoso, pois oferecemos ao mercado uma combinação de serviços que abrange consultoria, engenharia, automação e desenvolvimento de software. Esse framework dificilmente é encontrado em uma única empresa, tanto nos EUA como no Brasil. O Sistema de Interfaces de Gestão que vamos apresentar é um exemplo da nossa capacidade”, comenta Guimarães.

De acordo com o diretor da Radix, o mercado americano é importante para qualquer economia do mundo e para qualquer empresa que quer crescer.

“No setor de óleo e gás, Houston é a capital mundial, onde as principais empresas do mundo estão presentes. Como sofremos uma estagnação nos últimos dois anos nesse setor no Brasil, a saída para continuar crescendo foi vir para o mercado americano, onde tivemos uma experiência muito positiva no passado. E o crescimento esperado não é só em volume de negócios, mas também no desenvolvimento de novas tecnologias em parceria com as empresas daqui”, conclui.

O presidente da Radix, Luiz Eduardo Rubião, o vice-presidente João Chachamovitz, e o gerente de desenvolvimento de negócios do escritório de Houston da Radix, Kyle Frogge, também estarão presentes no evento.



Fonte: Redação TN Petróleo/ Ascom Radix
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar