acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Queiroz Galvão Óleo e Gás batiza plataforma para águas ultraprofundas

15/02/2011 | 10h50
A Queiroz Galvão Óleo e Gás (QGOG), maior companhia privada brasileira prestadora de serviços de perfuração e produção no país, anunciou hoje que a sua plataforma de perfuração semissubmersível de  posicionamento dinâmico para águas ultraprofundas, em fase final de construção, foi batizada como Alpha Star. A plataforma está programada para ser entregue pela Keppel FELS em março de 2011, em Cingapura, meses antes do prazo. A unidade foi alugada à Petrobras por seis anos, com opção de renovação pelo mesmo período.
 

A Alpha Star é uma plataforma de sexta geração, semissubmersível, destinada a águas ultraprofundas. Seu design, Gusto DSS-38, foi aprimorado com base na experiência operacional obtida com a plataforma Gold Star, a primeira plataforma semissubmersível dessa classe que entrou em operação em fevereiro de 2010. A Alpha Star terá capacidade para operar em lâmina d'água de até 2.700 metros e em poços de até 9 mil metros de profundidade. As especificações operacionais incluem dez grupos motogeradores a diesel e oito thrusters, quatro bombas de lama de 2.200 HP e um drilling package de ponta desenhado para operações em alto-mar, com um compensador de movimento de um milhão de libras. A unidade pode acomodar até 130 pessoas.


"Estamos felizes por adicionar a Alpha Star à nossa frota, que já opera nas mais promissoras e produtivas áreas de exploração offshore e onshore do Brasil", disse Antonio Augusto de  Queiroz Galvão, presidente do Conselho de Administração da Queiroz Galvão Óleo e Gás.


"Com mais de 30 anos de experiência operacional neste mercado, desenvolvemos um portfólio diversificado de recursos que nos permite atender de forma eficiente ao rápido crescimento da indústria de exploração de óleo e gás no país. Adicionamos, em 2010, a nossa primeira plataforma para águas ultraprofundas, a Gold Star, atualmente operando no campo de Iracema Sul. A Alpha Star será entregue alguns meses antes do prazo, como resultado da nossa parceria com a Keppel FELS, estaleiro de renome mundial", disse Leduvy Gouvea, Diretor Geral da QGOG.

 
A companhia tem mais dois navios-sonda para operação em lâminas d'água ultraprofundas, um FPSO e três sondas de perfuração onshore em construção, todos já contratados. Atualmente, a QGOG opera seis plataformas onshore e cinco offshore no Brasil. Dentre elas, a plataforma offshore Lone Star, também para lâminas d'água ultraprofundas, hora em testes finais para entrada em operação para a Petrobras.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar